Equipe de Bruna Griphao alerta sobre compulsão alimentar da participante; veja

Em vídeo publicado em uma rede social, a equipe destaca os possíveis motivos do transtorno da sister, por meio da análise de uma especialista

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Na noite desta segunda-feira, 3, a equipe de Bruna Griphao, que está confinada no BBB 23, publicou um comunicado oficial sobre o transtorno alimentar do qual a artista sofre. O texto traz a avaliação de uma nutricionista.

No vídeo, a atriz aparece comendo em diversas situações. “A compulsão alimentar na maioria das vezes pode estar atrelada ao excesso de cuidado com a forma física e à dietas muito restritivas para se alcançar o tão sonhado tanquinho e corpo sarado. É muito comum na nossa realidade hoje, ver meninas meninos que se cuidam muito, que praticam atividade física e fazem dieta desenvolverem em algum momento algum transtorno alimentar”, inicia o texto da especialista Dani Borges.

Em vídeo publicado nas redes sociais, a equipe destaca o transtorno da 'sister', a partir da análise de uma especialista  Foto: Reprodução de vídeo/TV Globo

PUBLICIDADE

“Geralmente esse transtorno acaba sendo ocasionado através de algum gatilho emocional. No caso da Bruna, por estar em constante estresse psicológico e ansiedade, a compulsão alimentar veio à tona, e isso, possivelmente, pode ter causa relacionada à dietas muito restritivas”, emenda. “Infelizmente, esse é um assunto que ainda é muito pouco abordado, e por isso as pessoas podem não considerar a real seriedade do problema, porém é um assunto sério e requer atenção e empatia pela pessoa que está passando por esse momento”, completa.

Ainda no comunicado publicado nas redes sociais de Bruna Griphao, a equipe falou sobre a importância de trazer o assunto para debate, de forma responsável. “O #TeamGriphao reconhece a importância de discutir assuntos como este, por mais delicados que sejam, e se compromete a promover debates através das redes da Bruna a fim de incentivar a busca por tratamento e acompanhamento de todo e qualquer tipo de distúrbio alimentar.”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.