PUBLICIDADE

Morre o cineasta Carlos Porto de Andrade Jr. aos 67 anos

Ele estava internado no Hospital Nove de Julho, em São Paulo, desde o último domingo, após sofrer um AVC

Foto do author Redação
Por Redação

O cineasta Carlos Porto de Andrade Jr. morreu na madrugada desta sexta-feira, 16, aos 67 anos, em decorrência de um Acidente Vascular Cerebral (AVC), que sofreu no último domingo, 11. Ele estava internado no Hospital Nove de Julho, em São Paulo.

PUBLICIDADE

Arquiteto pós-graduado pela FAU-USP, atuou como fotógrafo, escritor, diretor e roteirista de cinema e vídeo. Sua trajetória se iniciou ainda na infância, com produções em pintura e fotografia. Começou a filmar com 8mm, 16mm e super-8, bitola que utilizou intensamente a partir de 1973.

Graduado e Mestre pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo. Em 1978, apresentou o filme Arquitetura da Mentira, em super-8, como seu Trabalho de Graduação Interdisciplinar.

Entre as décadas de 1970 e 1980, exibiu seu trabalho no Brasil e no exterior, representando o Brasil na Quinzena de Realizadores do Festival de Cinema de Cannes em 1982, com os filmes Grátia Plena e Corações Marinhos, e, no ano seguinte, com o filme Saudade. Foi premiado em quatro edições do Videobrasil.

Seu último trabalho foi o longa metragem Primavera, com diversos prêmios nacionais e, principalmente, internacionais. O filme foi produzido pela Notábile Filmes, distribuído pela O2Play e contou com Ruth de Souza, Ana Paula Arósio e Marília Gabriela no elenco.

Prêmios

Festival Internacional do Filme Super 8, Bélgica; Festival Internacional Del Filme Super 8, Cali, Colômbia; Festival Internacional Del Filme Super 8, Caracas, Venezuela; Festival de Gramado, Brasil; Super Festival Nacional do Filme Super 8, Brasil; Festival Internacional de Ann Arbor, EUA; Festival Internacional das Ilhas Canárias, Espanha; Festival Internacional de Filmes da U.N.I.C.A., Hungria; Festival Internacional de Filme Super 8, Montreal; Festival de Toronto, Canada; Festival de Filme Super 8, São Paulo; Festival Video-Brasil. Fest-Rio; Prêmio Estímulo da Secretaria do Estado da Cultura de São Paulo.

Arquiteto pós-graduado pela FAU-USP, Carlos Porto de Andrade Jr. atuou como fotógrafo, escritor, diretor e roteirista de cinema e vídeo  Foto: Helena Cunha Bueno/Divulgação

Comunicado oficial

A morte do cineasta Carlos Porto de Andrade Jr. foi divulgada por meio de comunicado enviado pela Notábile Filmes. Segue o texto na íntegra:

Publicidade

“Tenho a triste notícia do falecimento do multipremiado cineasta Carlos Porto de Andrade Jr. que, ainda na época do Super-8, representou o Brasil por duas vezes no Festival de Cannes. Seu último trabalho foi o longa metragem Primavera, com diversos prêmios nacionais e, principalmente, internacionais. O filme foi produzido pela Notábile Filmes, distribuído pela O2Play e contou com um elenco primoroso, encabeçado por Ruth de Souza, Ana Paula Arósio e Marília Gabriela, entre outros”.

“O cineasta teve um AVC de domingo para segunda-feira, e estava internado no Hospital Nove de Julho, onde faleceu nesta madrugada. Sua obra faz parte do acervo do MIS e Primavera pode ser visto através de aluguel em todas as plataformas. Carlos Porto de Andrade Jr. gostaria de ser lembrado por sua obra, que ainda aguarda o devido reconhecimento”.

Cartaz do filme 'Primavera', do cineasta cineasta Carlos Porto de Andrade Jr. Foto: Divulgação/Notábile Filmes
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.