PUBLICIDADE

Motorista que atropelou Kayky Brito diz que gostaria de encontrar ator

Diones Coelho da Silva falou ao Fofocalizando que aguarda recuperação de Kayky para poder falar com ele

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Em uma entrevista para o programa Fofocalizando, no SBT, o motorista que dirigia o carro que atropelou Kayky Brito disse que gostaria de encontrar com o ator. Diones Coelho da Silva falou ao programa que chegou a procurar a família de Kayky, que teve alta na última sexta após quase um mês de internamento no Hospital Copa D’Or, no Rio de Janeiro.

O motorista de aplicativo Diones Coelho da Silva deu entrevista ao Fofocalizando e disse que gostaria de se encontrar com o ator Kayky Brito. Foto: Reprodução de vídeo/Instagram/@ dionezcoelho23 e Reprodução/Instagram/@kayky.brito

PUBLICIDADE

“Ainda não o encontrei, mas até procurei. Queria dar um abraço nele, falar do amor de Deus. Porque eu creio que isso tudo tem um propósito maior. Agora depende do tempo deles e da recuperação”, disse o motorista de aplicativo.

Diones contou também na entrevista que teve contato com Sthefany Brito, irmã de Kayky, logo após o acidente, quando ele foi bloqueado por empresas de aplicativo. “Fui para a internet falar que não tinha mais como trabalhar, que meu carro estava todo quebrado. Tinha sido bloqueado pelos aplicativos. Depois que publiquei esse vídeo, ela entrou em contato comigo”, conta o profissional.

A investigação da polícia concluiu que Diones estava abaixo do limite de velocidade autorizado na via em que dirigia. Por conta disso, o motorista, que prestou socorro ao ator logo após o acidente, não será indiciado, motivo pelo qual, ele se diz “aliviado”.

Diones contou também que não reconheceu imediatamente que era Kayky Brito. Na entrevista, ele falou que só depois, ouvindo as pessoas que se aproximavam da cena, ele se deu conta que se tratava do ator. “Foi aí que me atentei. Já tinha o visto na televisão, quando vi Chocolate com Pimenta”, comentou.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.