PUBLICIDADE

De Pedro Sampaio a Bella Ramsey: Relembre famosos que revelaram ser da comunidade LGBT+ recentemente

Dia do Orgulho LGBT+ é comemorado internacionalmente nesta quarta-feira, 28

Foto do author Sabrina Legramandi
Por Sabrina Legramandi

Nesta quarta-feira, 28, é comemorado internacionalmente o Dia do Orgulho LGBT+. A data surgiu como uma homenagem a um episódio que muitos historiadores consideram ser o início da luta organizada pelos direitos LGBT+ nos Estados Unidos.

PUBLICIDADE

No dia 28 de junho de 1969, frequentadores de um bar gay em Nova York, o Stonewall Inn., organizaram um “levante” contra a violência policial que atingia o local. À época, era comum que a polícia da cidade invadisse bares e baladas LGBT+ para prender quem estivesse lá. Não se sabe “quem atirou a primeira pedra” na revolta, mas muitos associam o episódio com a ativista transexual e drag queen Marsha P. Johnson.

De lá para cá, a comunidade LGBT+ tomou força, inclusive no Brasil. Apesar fazer parte da comunidade ainda ser um desafio no País e no mundo, muitos famosos usaram o seu alcance recentemente para inspirar outras pessoas e contarem que são bissexuais, homossexuais ou até não-binários.

Do DJ Pedro Sampaio à atriz Bella Ramsey, de The Last of Us, relembre artistas que revelaram fazerem parte da comunidade LGBT+ recentemente.


Pedro Sampaio

Pedro Sampaio escolheu sua apresentação no Lollapalooza em 2023 para contar sobre a sua sexualidade. Enquanto tocava a música Toda Forma de Amor, do cantor Lulu Santos, o artista mostrou algumas pessoas que fazem parte da comunidade no telão. Lulu apareceu para representar o “B”, que faz referência à bissexualidade, e Pedro surgiu logo em seguida.


Leandro Karnal

O historiador e colunista do Estadão Leandro Karnal contou sobre seu relacionamento com o influenciador e cantor Vitor Fadul no início do ano. Os dois começaram a namorar em 2019, mas oficializaram a união estável em 2022.

À época, ele disse que não havia falado antes sobre o assunto para não expor a vida pessoal. “Porém, parece haver um momento em que não declarar pode parecer concordância com preconceitos”, escreveu.

Publicidade


Jessé Aguiar

O ex-cantor gospel Jessé Aguiar contou que é gay no início de junho. Foto: Instagram/@jesseaguiar/Reprodução

O ex-cantor gospel Jessé Aguiar decidiu falar sobre a sua sexualidade no início de junho em um vídeo publicado no Instagram. Ele disse ter se entendido como gay quando tinha 12 anos e que, aos 14 anos, contou sobre o assunto para a mãe. O artista ainda relatou que chegou a desenvolver depressão e ansiedade por não falar sobre sua orientação sexual.


Fernanda Souza

Em 2022, a atriz Fernanda Souza falou pela primeira vez sobre sua bissexualidade e sobre o relacionamento com a namorada, Eduarda Porto. A relação foi a primeira que a atriz assumiu publicamente após o término do casamento com o cantor Thiaguinho.

À época, o ex-marido apoiou a artista, dizendo sentir “carinho e respeito” pela atriz, com quem ainda mantém uma amizade. “Amor é para sentir, não para entender. Falando em amor, eu amo muito vocês. Todo meu carinho e respeito”, escreveu.


Bella Ramsey

Bella Ramsey disse se identificar como uma pessoa não-binária. Foto: Chris Pizzello/AP Photo

A atriz Bella Ramsey brilhou na série The Last of Us, que estreou no início deste ano, ao lado de Pedro Pascal e aproveitou uma entrevista concedida ao The New York Times para dizer que se identifica como uma pessoa não-binária. O assunto surgiu após a artista ter sido indicada como Melhor Intérprete, uma categoria de gênero neutro, no Critics Choice Awards.

Ela relatou não se importar com quais pronomes é tratada, dizendo que ser “apenas uma pessoa”. “Acho que meu gênero sempre foi muito fluido. Se alguém me chama de ‘ela’ ou ‘dela’, eu nem penso nisso, mas eu sei que se alguém me chamar de ‘ele’ será um pouco emocionante”, contou à época.


Noah Schnapp

O ator Noah Schnapp, que interpreta o personagem Will em Stranger Things, falou sobre sua sexualidade no início do ano em um vídeo publicado no TikTok. “Acho que sou mais parecido com o Will do que imaginava”, escreveu ele.

“Quando eu finalmente contei à minha família e aos meus amigos que sou gay, depois de 18 anos estando assustado no armário, todo mundo disse: ‘eu já sabia’”, contou na publicação.

Publicidade


Gilberto Gil

Gilberto Gil contou que já se relacionou com homens, mas disse sentir mais atração por mulheres. Foto: Felipe Iruata/Estadão

No início de junho, o cantor Gilberto Gil contou já ter se relacionado com homens. À época, porém, o artista afirmou sentir mais atração por mulheres. “Por razões de delicadeza natural, educação, finura do trato, já tive proximidade com a sexualidade de outro, de outros”, relatou em entrevista à Veja.

O cantor ainda pontuou acreditar que todos os seres humanos são bissexuais, mas não revelou se se identifica com o espectro bissexual. “Somos todos filhos de um pai e de uma mãe, o resultado de uma junção de genes de um e de outro. Portanto, somos todos bissexuais. Agora, o quanto e como isso influencia na condição masculina ou feminina e no exercício da própria sexualidade, aí reside uma variação infinita de possibilidades”, comentou.


*Estagiária sob supervisão de Charlise de Morais

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.