PUBLICIDADE

Preta Gil esclarece que participação em shows faz parte de tratamento médico: ‘Sou responsável’

Cantora disse que apresentações ao lado da família e amigos foi liberada pela equipe médica

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Preta Gil postou um texto no Instagram comentando sobre suas recentes apresentações ao lado da família e da cantora Ludmilla, no Numanice, no sábado, 8, no Rio de Janeiro. Segundo a artista, as apresentações foram liberadas pela equipe médica e fazem parte do seu tratamento contra o câncer no intestino - e em agosto, já está agendada a cirurgia para retirada do tumor. Recentemente, ela também esteve ao lado do pai, Gilberto Gil, e da família na turnê Nós, A Gente.

Preta Gil esclarece que participação em shows faz parte de tratamento: ‘Sou muito responsável’  Foto: FELIPE IRUATA/Estadão

PUBLICIDADE

“Obrigada Lud, cantar ontem com você foi uma dose muito forte de amor e cura. Poder brincar com o público do meu jeitinho e me sentir viva é uma dádiva! Te amo, te amo, te amo”, escreveu a cantora diretamente para a dona do projeto.

Em sequência, ela comentou sobre as sessões do tratamento oncológico e o fim do seu casamento com o personal Rodrigo Godoy, em abril.

“Há três meses estava no meio do meu tratamento oncológico, fazendo quimioterapia, quando tive uma sepse, os médicos me ressuscitaram e passei 21 dias na UTI. Deus quis que eu vivesse mais e mais, logo depois disso terminei meu casamento de 10 anos de forma traumática, voltei pro meu tratamento oncológico e fiz 25 sessões de radioterapia juntamente com quimioterapia oral”, falou.

“Tenho sequelas disso tudo no meu corpo e no meu emocional, mas sigo cheia de força, garra e a certeza da cura. Mês que vem eu opero para retirar o tumor e sim, agora eu estou descansando e me permitindo viver pequenos prazeres, como ter feito o show com a minha família e cantar com alguns amigos que amo. Isso também faz parte do meu tratamento e os médicos me apoiam. Não se preocupem, sou muito, muito responsável”, concluiu.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.