PUBLICIDADE

Preta Gil se apresenta com a família em Salvador e diz: “Vou me curar”

Em entrevista recente ao Estadão, Preta, que faz tratamento contra o câncer, disse que estava ansiosa para fazer shows na Bahia

Foto do author Danilo Casaletti
Por Danilo Casaletti
Atualização:

A cantora Preta Gil se apresentou na noite desta sexta-feira, 30 de junho, na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, em Salvador. Preta participou da turnê Nós, A Gente, protagonizada por seu pai, Gilberto Gil, e que reúne grande parte da família no palco.

PUBLICIDADE

Assim como fez no último fim de semana em São Paulo, quando participou do Festival Turá, Preta começou o show como backing vocal ao lado da irmã Nara Gil, filha mais velha de Gil, da sobrinha Flora Gil e da cunhada Mariá Pinkusfeld.

Em momento solo dentro do show, Preta cantou as músicas Sinais de Fogo, seu principal sucesso, e Vá Se Benzer, em homenagem à madrinha Gal Costa, que morreu em novembro de 2022.

Preta Gil em apresentação no Festival Turá em São Paulo, no último dia 25 de junho Foto: Felipe Iruata

Antes de subir ao palco, Preta postou uma mensagem em sua conta no Instagram, comemorando o fato de se apresentar na Bahia, terra de seus pais, e a estreia da série Viajando com os Gil, na Prime Video: “Estamos em festa. Nada, nada, nem ninguém, vai atrapalhar minha paz e felicidade hoje, por mais que tentem!”, escreveu.

No palco, disse: “Vou me curar!”. A cantora anunciou que estava com câncer em janeiro de 2023 e, desde então, tem informado o público sobre os altos e baixos do tratamento.

Preta também postou stories de amigos no qual ela aparece sendo ovacionada pelo público que lotou a Concha Acústica. Neste sábado, 1º de julho, a família Gil fará outra apresentação por lá.

O perfil oficial de Gilberto Gil também postou um vídeo com um compilado sobre a noite.

Publicidade

Liberada pelos médicos

Preta Gil em foto feita recentemente pelo Estadão Foto: Felipe Iruata/Estadão

Em recente entrevista ao Estadão, Preta Gil, que ainda faz tratamento contra o câncer, disse que foi liberada pelos médicos para voltar aos palcos de forma gradual. Em uma primeira apresentação, no Rio de Janeiro, ela participou apenas de seis das 24 músicas do show. Em São Paulo, embora a apresentação tenha sido mais curta, Preta permaneceu mais tempo no palco, ora em pé, ora sentada.

“Fui liberada pelos médicos para fazer as poucos, até mesmo por conta da emoção e das vulnerabilidades que eu ainda tenho”, disse Preta.

Ao Estadão, a cantora afirmou que estava ansiosa pelas apresentações em Salvador e que pretendia ficar mais tempo no palco, se possível, o show todo. Preta também disse que estar de volta à vida artística faz parte de seu tratamento.

“Deus escreve certo por linhas tortas. Voltar aos palcos faz parte do meu processo de cura. Estou recebendo, assim como na radioterapia e quimioterapia, essa dose de cura. É uma prescrição médica: voltar ao palco, estar com a família”, disse a cantora na ocasião.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.