PUBLICIDADE

Vídeos de ‘coach magnético’ com terapia ‘através do olhar’ viralizam e geram quetionamentos; veja

Oficinas de coach, que trabalha com ‘magnetismo’, se tornaram alvo de críticas nas redes sociais. Outro lado: Fernando Liberal diz que libera ‘energia de emoções reprimidas’ e que já tratou 30 mil pessoas

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Após publicar alguns vídeos de suas oficinas, o coach Fernando Liberal viralizou nas redes sociais. Apelidado de “coach magnético”, o carioca se tornou meme por sua prática incomum.

PUBLICIDADE

Com 243 mil seguidores no Instagram, Fernando se diz o maior nome em magnetismo no mundo, e promete “transformar a vida de milhares de pessoas através de seu olhar”. Essa técnica de magnetismo – que não tem a ver com o estudo dos ímãs – aplicada ao coaching não tem comprovação científica.

O Estadão procurou Fernando Liberal, que não se pronunciou até a primeira publicação deste texto. Após a publicação, ele enviou um áudio em que disse que seu tratamento ajuda a “liberar a energia de emoções reprimidas”.

Ele diz que sua terapia lida com as ligações nervosas que existem fora do cérebro, como os “500 milhões de neurônios que existem na região do intestino”. Ele afirma que faz pequenos toques em regiões de órgãos que ajudam a fazer essa energia presa ser liberada.

Fernando rebate dois pontos que geram comentários sobre os vídeos: ele nega que haja qualquer teor sexual no “magnetismo” e nos leves toques, e diz que as pessoas tremem pois estão “eliminando traumas que estão presos” nestas ligações nervosas pelo corpo.

“Ninguém está encenando”, ele diz, afirmando que trabalha há 15 anos, já viajou para 7 países e já tratou 30 mil pessoas.

O magnetismo animal, fundado pelo alemão Franz Mesmer no século XVIII, propunha a cura através de uma espécie de hipnose. Apesar de inúmeras tentativas, Mesmer nunca conseguiu comprovar a eficácia de sua prática – supõe-se que, já na época, ele procurava esconder as falhas de seus experimentos para não ser desmascarado. O alemão foi considerado um charlatão por cientistas contemporâneos.

Publicidade

Hoje, Fernando resgata a proposta do magnetismo e afirma, ainda, ser o fundador e CEO da O.M.T.B. (Ordem Magnética Thebana Brasil). Para aprender o “segredo magnético”, ele oferta aos seguidores um curso que custa R$ 397.

'Coach magnético' viraliza e se torna meme Foto: Reprodução/Instagram/@fernandoliberaloficial

A prática de Liberal foi alvo de críticas. “Vergonha alheia”, escreveu um internauta. “Constrangedor”, comentou outro. Já no Instagram, há diversos seguidores interessados no trabalho do coach.

Essa não é a primeira vez que vídeos da prática de Fernando viralizam. Em agosto, outro registro de seu trabalho repercutiu nas redes sociais.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.