Foto do(a) blog

Dicas de decoração para deixar sua primeira morada mais bonita e aconchegante

Opinião|As regras da casa elegante

PUBLICIDADE

Foto do author Anelisa Lopes
Atualização:

Para a maioria dos clientes, design de interiores tem uma relação direta com alto investimento. Engana-se quem pensa, no entanto, que para ter uma casa confortável e bonita é preciso gastar o que não tem. Assim como acontece com o guarda-roupa, a estética de uma casa tem a ver com identidade. 

(ANELISA LOPES ESCREVE ÀS TERÇAS. SIGA SEU PERFIL NO INSTAGRAM: @anelisalopes)

Casa elegante tem a ver com identidade e acolhimento (foto: Pinterest)  

PUBLICIDADE

Neste tema não entro no mérito de reforma e quebra-quebra, mas, sim, em itens que vão além  tangível e que também fazem parte da esfera da experiência. Com este checklist é possível ter uma casa bonita e acolhedora.

  1. Identidade 

Tempos atrás vi fotos da decoração de uma apresentadora de TV feita por um arquiteto renomado. A decoração é de aplaudir, mas não tem absolutamente nada a ver com a pessoa que a habita. Querer copiar uma casa capa de revista é o primeiro erro cometido na decoração. 

Publicidade

Para conseguir identidade em um projeto é preciso uma boa dose de autoconhecimento. Some a isso itens como móveis de família, lembranças de viagens ou algum objeto que você tenha um apego especial para usar como coringa.  

  1. Acolhimento

Já fui recebida em casas chiques sem um copo de água e em casas super simples com um bolo saindo do forno. Elegância tem a ver com postura de fazer o convidado se sentir bem no seu ambiente. Servir um chá, dar as boas vindas com flores na entrada e ter um cheirinho característico - se você não for alérgico - mudam a experiência de quem entra na sua casa. 

  1. Base neutra

Uma boa pintura faz milagres. Ela tem a capacidade de ampliar, destacar ou criar efeitos em um projeto. Sou defensora das cores, mas é preciso conhecimento para usá-las. Se não for este seu caso, eleja a o grupo de cores neutras do leque de tintas. Elas se classificam como subtons das cores saturadas, já que são pigmentadas com branco e preto. 

Publicidade

  1. Qualidade

Sofá, mesa de jantar, cadeiras e poltronas de qualidade fazem total diferença na composição de um projeto. Se não for possível comprar tudo de uma vez, faça um fluxo de compra, mas não caia na cilada de considerar apenas o preço. Siga um estilo uniforme para estes móveis e invista na qualidade e design deles. 

  1. Acessórios 

Dica de quarteto infalível: cortina, almofadas, quadros e plantas. Ele será a cereja do bolo para a base neutra. Neste caso, a paleta é livre, mas se sentir inseguro, permaneça na mesma família de tonalidades que não haverá erro. 

Opinião por Anelisa Lopes

Anelisa Lopes (@anelisalopes) é mãe, designer e jornalista. Após atuar por quase duas décadas como jornalista no segmento automotivo, decidiu estudar design de interiores para converter sua paixão por decoração em uma nova carreira. Hoje, faz consultorias e projetos para transformar espaços e vidas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.