PUBLICIDADE

Publicidade

Bolt desafia Mbappé a correr prova de 100 metros: ‘Amaria ter competido com ele’

Análise aponta que atacante francês corre distância em 10s9, 1,4 segundo acima do recorde mundial, que é do jamaicano

PUBLICIDADE

Foto do author Leonardo Catto
Atualização:

Usain Bolt desafiou Kylian Mbappé a correr os 100 metros rasos, prova que consagrou o jamaicano como um dos maiores atletas de todos os tempos. O medalhista olímpico apresentou o Prêmio Laureus, na segunda-feira, e elogiou o atacante. Uma análise mostrou que o astro do Paris Saint-Germain corre a distância em 10s9.

PUBLICIDADE

“Eu teria amado ter competido com Mbappé no meu auge para ver o quão perto ele estaria. Mas sinto que um dia ele precisa correr 100 metros, então vejo o tempo dele” convocou Bolt.

O portal da BBC britânica divulgou uma análise, em março, mostrando o tempo de corrida do jogador. A referência foi um pique de Mbappé em um dos confrontos do PSG contra a Real Sociedad nas oitavas de final da Champions League. Ainda que a marca seja impressionante por ter apenas 1,4 segundo a menos que o recorde mundial de 9s58, de Bolt, a disparidade ainda é grande.

Mbappé teria alcançado 33km/h. Quando enquadrado no atletismo, o jogador estaria apenas na posição 2.302 dos registros de tempo dos 100 metros neste ano. Mesmo com essa velocidade, Bolt teria vantagem de 12,1 metros à frente do francês, na comparação entre os dois tempos.

Em outra partida, Mbappé já chegou a 36,1km/h. Bolt, contudo, já atingiu 44,7km/h, com 37,5 km/h de média quando registrou o recorde mundial. “Mbappé é muito rápido com a bola, isso que é difícil de fazer. É um talento especial. Mas ainda posso vencê-lo em uma corrida de 100 metros”, garantiu o jamaicano.

Bolt faz o convite depois de ele já ter se aventurado fora do seu esporte. Ainda antes de dedicar-se ao atletismo, o jamaicano jogou críquete. Após já ser um atleta consagrado, ele participou do jogo de estrelas da NBA e celebridades, em 2013, mas não aproveitou seu 1,96 metro de altura e marcou apenas dois pontos.

Usain Bolt e Jude Bellingham fazem gesto da tradicional comemoração do britânico. Foto: Manu Fernandez/AP

Torcedor declarado do Manchester United, Bolt já declarou que gostaria de vestir a camisa dos Red Devils. A chance na Inglaterra não veio, mas, em 2018, ele atuou no ataque do Strømsgodset, da Noruega, com a camisa 9,58, em alusão ao recorde dos 100 metros. No mesmo ano, a lenda do atletismo fez um dos gols da vitória por 4 a 0 do Central Coast Mariners contra o Macarthur South West United.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.