Publicidade

Bahia tem dúvidas para a partida contra o Internacional

PUBLICIDADE

Por Tiago Décimo
Atualização:

Após o triunfo por 2 a 1 sobre o Atlético Goianiense no último domingo, em Salvador, o Bahia quer aproveitar na segunda partida seguinte como mandante, neste domingo, às 18h30, contra o Internacional, para se distanciar mais da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Com 18 pontos, a equipe está na 13.ª posição - e uma vitória poderia levar o time a ficar entre os dez primeiros, dependendo dos outros resultados.O técnico René Simões, porém, tem uma série de dúvidas para escalar a equipe que inicia a partida no estádio de Pituaçu. Com vários jogadores reclamando de desconforto muscular e sem definir a melhor formação para o meio de campo, o treinador diz que só vai revelar o time minutos antes do jogo. Os desfalques certos são o zagueiro Titi, que não joga por restrições contratuais, e o lateral-direito Jancarlos, contundido. Nas posições, devem jogar, respectivamente, Thiego e Marcos.Além deles, René pode ter de abrir mão de outros jogadores, a começar pelo goleiro Marcelo Lomba. Com dores na coxa esquerda, ele não participou da maioria dos treinos da semana e pode dar lugar a Tiago. Na lateral esquerda, Ávine também sofre com dores na perna. Se não tiver condições de jogo, o atleta deve dar lugar ao lateral-direito Marcos, que seria improvisado na posição - neste caso, o meia-atacante Gabriel seria também improvisado, na vaga de Marcos.Outro que reclama de desconforto muscular é o atacante Jobson, destaque da equipe na competição, mas sua presença na partida é praticamente certa.Além dos problemas físicos no elenco, o treinador ainda não definiu se prefere um meio de campo mais marcador ou mais habilidoso para a partida. No primeiro caso, o Bahia entraria com três volantes, contando apenas com o meia Ricardinho para a armação de jogadas. No segundo, o meia Carlos Alberto voltaria à equipe.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.