PUBLICIDADE

Corinthians bate Novorizontino com hat-trick de Arthur Sousa e decide Copinha contra Cruzeiro

Centroavante corintiano tem noite mágica e marca até gol de letra para garantir vaga do time na final, a 19ª de sua história

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Artilheiro do Corinthians na temporada passada, Arthur Sousa entrou para a semifinal da Copa São Paulo de Juniores com somente um gol marcado. Estava em débito com a torcida. Estava. Nesta segunda-feira, em uma lotada Neo Química Arena, com mais de 34,5 mil pessoas, o camisa 9 foi o grande nome da classificação da equipe à final contra o Cruzeiro, com um hat-trick de belos gols no triunfo por 3 a 0 sobre o Novorizontino.

PUBLICIDADE

Maior campeão da Copinha, com dez títulos em 18 decisões disputadas, o Corinthians buscará um troféu que não vem desde 2017, provavelmente em seu estádio, na quinta-feira, aniversário de São Paulo. A Federação Paulista de Futebol (FPF) confirma nesta terça o local da decisão.

Foi uma grande festa corintiana em Itaquera, por isso os garotos corintianos queriam fazer bonito e foram logo ao ataque, criando boas chances. Após grande jogada de Erick, que passou pelo marcador e cruzou rasteiro, Arthur Sousa abriu o placar com um golaço de letra. Antes do intervalo, o Novorizontino teve duas chances no mesmo lance e acabou parando no travessão em ambas, na cobrança de falta de Galo e depois no rebote, em, cabeçada de Canela.

Hat-trick de Arthur Sousa garantiu o Corinthians na final da Copinha. Foto: Jhony Inacio/Ag. Paulistão

Na volta para o segundo tempo, o Corinthians se acertou e não sofreu mais. Mandando na etapa, anotou o segundo em belo giro de Arthur Sousa. O centroavante recebeu, girou na área e mandou no cantinho. Gol de centroavante. Entregue, o time do interior ainda viu o dono da noite definir em uma linda jogada coletiva com muitos toques de bola, lindo drible de Breno Bidon sobre o defensor e cruzamento para o toque às redes.

O técnico Danilo usou a reta final da partida para poupar seus desgastados jogadores, já de olho no Cruzeiro, dono da melhor defesa da competição com somente dois gols sofridos. A torcida corintiana celebrou a vaga com “ola” na Neo Química e muita cantoria em Itaquera.

Cruzeiro supera o Flamengo

Antes da partida em Itaquera, na outra semifinal da Copinha, o Cruzeiro eliminou o Flamengo ao vencer por 2 a 1, na Arena Barueri, e vai em busca do seu segundo título, uma vez que já levantou a taça em 2007. A semifinal começou equilibrada, com os dois times priorizando a marcação. Os gols saíram no segundo tempo. Aos quatro minutos, Bruno Alves abriu o placar para o Cruzeiro, após cabeçada de costas para o gol. A bola ainda tocou no travessão antes de entrar.

Mas o Flamengo empatou quase sem seguida, aos 12, quando Victor Silva avançou pelo lado esquerdo e cruzou para o chute de primeira de Weliton. O jogo ficou aberto e os mineiros marcaram o segundo aos 23 minutos, num pênalti cobrado por Gui Meira.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.