PUBLICIDADE

Publicidade

Destaque, Dudu minimiza importância no Cruzeiro

PUBLICIDADE

Por AE
Atualização:

O meia Dudu ainda colhe os frutos da boa atuação na vitória do Cruzeiro por 2 a 1 sobre o Coritiba, sábado, em Sete Lagoas (MG), pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador sofreu um pênalti e deu uma assistência, mas minimizou a sua importância para o resultado positivo, preferindo valorizar o grupo dirigido por Joel Santana. "Eu estava atento no banco de reservas, graças a Deus eu pude entrar no jogo, atender ao que o Joel (Santana) pediu e ajudar o time a conquistar a vitória que tanto precisávamos. E fico feliz por ter sido tão elogiado e até considerado um dos melhores em campo, mas nada a gente conquista sozinho. Foi o grupo, todos jogaram bem e se vencemos foi graças ao coletivo", disse ao site oficial do Cruzeiro. Dudu terá mais uma semana no Cruzeiro antes de se apresentar à seleção brasileira sub-20. Assim como os companheiros Gabriel e Sebá, o meia foi pré-convocado para o Mundial Sub-20 e vai se apresentar ao técnico Ney Franco no dia 4 de julho. O jogador lamenta desfalcar o time mineiro, mas ressalta que é um orgulho defender o Brasil. "Ir para a seleção sempre é bom, representar nosso país e estou preparado para chegar lá, fazer meu melhor, treinar bem e ficar entre os jogadores que irão para o Mundial. Eu só fico com um pouco de saudade daqui, mas é assim mesmo, vamos lá representar nosso país e as cores do meu time, e quando voltar, continuar ajudando o Cruzeiro a crescer no campeonato", afirmou.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.