PUBLICIDADE

Publicidade

Di María sofre nova ameaça de bandidos em Rosário: ‘Estamos te esperando. Os rosarinos’

Atacante manifestou o desejo de retornar ao clube de sua cidade natal, mas recuou em razão das recorrentes intimidações

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Ángel Di María sofreu novas ameaças para não retornar ao time do Rosario Central, que o revelou para o futebol. Um muro da sede da equipe foi pichado na quarta-feira com os dizeres “ainda vai voltar?”. A polícia local investiga o caso, mas se sabe que a violência tem ligação com bandidos da região, que não querem o astro na cidade, o que causaria um aumento da segurança.

“Estamos te esperando, Di María. Os rosarinos”, disse o bilhete deixado pelos criminosos de uma organização em um posto de gasolina no sudoeste de Rosário no mesmo dia. Em março, quando o atleta divulgou o interesse em retornar para a Argentina, após 17 temporadas na Europa, os bandidos deixaram um cartaz no condomínio onde costuma ficar.

Di María decidiu não ficar no Benfica para a próxima temporada. Foto: Pedro Nunes/Reuters

“Diga ao seu filho Ángel que não volte mais para Rosario porque mataremos um familiar seu”, disse o recado enviado â mãe de Di Maria, Diana Hernández. “Nem Pullaro poderá te salvar”, concluiu, referindo-se ao governador da província de Santa Fé.

PUBLICIDADE

Killy González, técnico do Rosario Central, lamentou a situação. “Tenho uma relação muito especial com ele. Hoje mesmo falei com ele. É claro que é meu desejo como torcedor e de todas as pessoas do Rosario Central de que Angelito (Di María) volte a vestir a camisa. Ele também deseja isso. É o sonho que tem desde que foi embora”, afirmou o treinador.

Di Maria, campeão mundial em 2022 na Copa do Catar, revelou que não vai ficar mais no Benfica, de Portugal, na próxima temporada. Aos 36 anos, o jogador vai disputar a Copa América, nos Estados Unidos, mês que vem, em sua última aparição pela seleção argentina.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.