PUBLICIDADE

Publicidade

Em crise, Atlético-PR espera ter seqüência 'decente'

PUBLICIDADE

Por AE

O Atlético-PR está em situação cada vez mais complicada no Brasileirão. Após perder neste sábado por 3 a 1 para o Fluminense, um adversário direto na luta contra o rebaixamento, o clube entrou novamente na zona de rebaixamento, aparecendo em 17.º, com 28 pontos. A derrota em casa, em plena Arena da Baixada, evidenciou a falta de poder de reação da equipe, e o zagueiro Antônio Carlos espera que o time tenha atuações melhores nas próximas partidas. "Vamos conseguir fazer nove jogos decentes. Está afunilando e a gente sabe do desespero que vai ser", disse o jogador, que marcou o único gol do Atlético na partida, abrindo o placar. Demonstrando intranqüilidade, o time cedeu o empate e a virada cometendo dois pênaltis em menos de cinco minutos. O atacante Washington converteu os dois para o Fluminense, inclusive o segundo, cometido justamente por Antônio Carlos. "A gente sabe que ia ser pressão", afirmou o zagueiro. Na visão do atacante Geílson, que entrou no segundo tempo para tentar reverter o marcador desfavorável, o time atleticano saiu de campo com a derrota porque não conseguiu realizar o que o técnico Geninho havia determinando. Mesmo assim, o jogador ainda acredita na reação. "A equipe não fez aquilo que o professor pediu, mas ainda faltam nove jogos. O grupo está consciente do que tem que fazer. Vamos conseguir reverter esta situação."

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.