PUBLICIDADE

Publicidade

Cardiff City paga 1ª parcela ao Nantes pela transferência de Emiliano Sala, morto em acidente

Clube do País de Gales chegou a se negar a arcar com o valor acordado, afirmando que a transferência não havia sido concluída devido ao seu falecimento

PUBLICIDADE

Por AFP

O Cardiff City pagou uma primeira parcela de 6 milhões de euros (R$ 33,5 milhões) ao Nantes pela transferência do jogador argentino Emiliano Sala, morto há quatro anos em um acidente de avião antes de chegar a jogar pelo clube do País de Gales. A informação foi confirmada nesta quarta-feira pelo time francês.

Em 21 de janeiro de 2019, o atacante argentino de 28 anos morreu na queda do avião que o levava de Nantes a Cardiff para se juntar à equipe que havia acabado de contratá-lo por 17 milhões de euros na época (cerca de R$ 73 milhões).

Torcedores do Nantes homenageam Emiliano Sala, morto em acidente de avião. Foto: Stephane Mahe/Reuters

PUBLICIDADE

O Cardiff se negou depois a pagar o valor acordado, afirmando que a transferência não tinha sido concluída devido à morte de Sala, antes de chegar ao clube.

A Fifa ordenou o pagamento de uma primeira parcela de 6 milhões de euros e o Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) rejeitou em agosto do ano passado o recurso do Cardiff, estimando que a transferência estava “terminada” no momento do falecimento do atacante.

Desde então, o clube inglês não pode contratar jogadores pela falta de pagamento. Na época, o Cardiff estava na elite do futebol inglês, a Premier League, mas agora está na segunda divisão e é o 20º colocado, por isso precisa urgentemente de reforços na janela de transferências de janeiro.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.