Publicidade

Estatuto: Farah cobra poder público

PUBLICIDADE

Por Agencia Estado
Atualização:

Presidente licenciado da Federação Paulista de Futebol, Eduardo José Farah quer que o poder público dê o exemplo de que o Estatuto do Torcedor não ficará só no papel. "Cerca de 70% dos estádios com mais de 40 mil lugares estão nas mãos dos governos estaduais e municipais. As mudanças têm de começar por eles", disse o dirigente, que pretende utilizar os programas da FPF na Rede Vida e na Rede TV! para abrir um amplo debate sobre o assunto assim que o Estatuto cumprir todos os trâmites legais e entrar em vigor. Leia mais no Jornal da Tarde

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.