PUBLICIDADE

Publicidade

Flamengo dá largada ao sonho de conquistar a América

Time rubro-negro aposta em Adriano e Vágner Love para comandar estreia contra o Universidad Católica

PUBLICIDADE

Finalmente o ano começa para o Flamengo. Principal objetivo do primeiro semestre, a Libertadores se inicia nesta quarta-feira para o time rubro-negro, às 21h50, contra o Universidad Católica, no Maracanã. E já há um clima de pressão no ar, uma vez que a partida se segue à eliminação inesperada na Taça Guanabara e antecipa dois jogos consecutivos como visitante pelo torneio continental."A ansiedade é grande. E o torcedor do Flamengo tem a Libertadores como sonho. Como depois são dois jogos fora, você já começa a fazer as contas. É primordial vencer o primeiro jogo. Se for assim, jogamos a pressão para o Caracas (próximo adversário), que perdeu a primeira e vai ter que sair para o jogo contra a gente", avaliou o técnico Andrade, que vai promover mudanças na defesa, dada as muitas falhas durante o Carioca.

Por outro lado, o ataque é motivo de confiança e justamente por isso toda a responsabilidade está sobre os ombros de Adriano e Vágner Love, que se dizem preparados para assumir a missão de guiar o Flamengo a seu segundo título de Libertadores.

A única mudança com relação ao time que perdeu para o Botafogo nas semifinais da Taça Guanabara será a saída do veterano Ronaldo Angelim para a entrada do jovem Fabrício na zaga, em particular por sua maior estatura e facilidade no jogo aéreo. Petkovic segue no banco de reservas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.