Publicidade

Ex-Palmeiras se lesiona em jogo valendo R$ 50 mil e pode ter seu contrato rescindido em Portugal

Gabriel Verón, hoje no Porto, passará por exames nesta quinta-feira após se contundir nas férias, durante partida de futebol society no Rio Grande do Norte

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Gabriel Verón, atacante de 20 anos revelado pelo Palmeiras e atualmente no Porto, gerou um mal-estar no clube português nesta semana. De férias no Brasil, em sua cidade natal Assú, no Rio Grande do Norte, o jogador se machucou durante a disputa de uma partida de futebol society. O evento foi promovido pela página “Vem pra Emboscada”, no Instagram, e premiaria o vencedor em R$ 50 mil. A situação pode fazer com que o atacante seja multado e tenha até seu contrato rescindido pelo Porto.

O evento ocorreu nesta terça-feira e teve transmissão ao vivo nas redes sociais da competição. O jogo consistiu em um desafio X2 (dois jogadores contra dois, além de um goleiro em cada equipe). Verón jogou ao lado de André Peres, mas machucou a virilha na partida contra DVD e Gabriel Jesus – homônimo do atacante do Arsenal e seleção brasileira.

Sem condições para retornar ao gramado após a lesão, a partida teve de ser encerrada com a derrota da equipe de Verón por 3 a 1. Ele está de férias desde o fim da temporada europeia, no último mês, e marcou apenas um gol desde que chegou ao clube português.

Gabriel Verón se lesionou durante partida de futebol society no Brasil e pode ser punido pelo Porto. Foto: Fernando Veludo/AFP

PUBLICIDADE

No Porto, a situação gerou um desgaste entre clube e atleta. Ao tomar ciência do incidente, dirigentes portugueses telefonaram para o Brasil e conversaram diretamente com Verón. Em Portugal desde 2022, o atacante teve de se explicar, expondo os motivos que o levaram a se lesionar nas férias.

De acordo com o jornal português A Bola, o jogador também conversou com o médico Nélson Puga, do Porto, que sugeriu a realização de exames médicos mais detalhados sobre a contusão. Eles serão realizados nesta quinta. O clube está preocupado com a gravidade da lesão e se ela terá impacto na pré-temporada e no início do Campeonato Português, qye retorna em agosto.

O clube entende que o comportamento de Verón está em desacordo com as regras e direcionamentos dados pela comissão técnica durante as férias do futebol europeu, mas trata a saúde de Verón como prioridade neste momento. Por outro lado, o atacante deve ser multado e receber uma repreensão do treinador da equipe, Sérgio Conceição.

A depender da gravidade da lesão, o contrato de Verón com o clube pode até ser rescindido, por ter se lesionado sem estar em ação como profissional. A palavra do treinador será fundamental para que a punição seja decidida. No entanto, o comportamento do jovem, tido como exemplar em seu primeiro ano em Portugal, é um fator para que o Porto lide da melhor forma possível com a situação. A diretoria entende que, pela idade, o atleta cometerá deslizes em seu tempo livre.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.