PUBLICIDADE

Publicidade

Iniesta diz que ausência de Messi não mudará seu estilo

Por AE
Atualização:

Tido por muitos ainda como melhor time do mundo, o Barcelona depende bastante do melhor jogador do mundo, Lionel Messi. Quem faz a avaliação é o segundo colocado da última eleição da Bola de Ouro da Fifa, Andres Iniesta. O meia falou sobre a importância do argentino, que ainda é dúvida para o confronto desta quarta-feira, contra o PSG, no Camp Nou, pelas quartas de final da Liga dos Campeões."Vamos ver hoje (terça) e amanhã. Tudo depende de como Messi se sentir em relação à lesão. Indubitavelmente há uma ''messidependência'' no sentido de que ele é essencial para nós. É claro que Messi é muito importante para nós, porque é o número um. Mas tudo que importa é chegarmos até junho (à final da Liga dos Campeões)", comentou Iniesta, em entrevista coletiva, nesta terça-feira. Ele também falou sobre seu estilo de jogo e negou que a ausência de Messi o force a adotar uma postura diferente da qual está acostumado: "Meu jogo não se condiciona se o Messi está ou não. Se está, o conheço perfeitamente. Se não está, conheço o outro também."O jogador, três vezes campeão da Liga dos Campeões, destaca a importância de se doar ao máximo já nas quartas de final. "Jogaremos em casa, ante a nossa torcida, e levamos um resultado que não é de todo mal (2 a 2 em Paris), mas que nos exige fazer uma partida quase perfeita. A equipe jogará a partida como se fosse uma final", prometeu.Iniesta lembra que o Barcelona, diferente do confronto diante do Milan, em que precisava reverter um placar de 2 a 0, desta vez tem a vantagem de empatar sem gols e por isso não pode ser afobado contra o PSG. "Era uma situação limite (contra o Milan). São situações diferentes. Temos que saber jogar com o tempo e com o resultado", comentou.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.