PUBLICIDADE

Publicidade

Leclerc lidera e Bottas surpreende no primeiro treino livre da Fórmula 1 na Arábia Saudita

Piloto da Ferrari crava 1m30s772 e supera Verstappen na última volta da sessão; finlandês da Alfa Romeo 'dispara' no fim e faz o terceiro melhor tempo

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Depois de um fim de semana emocionante no Bahrein, a Fórmula 1 retornou suas atividades nesta sexta-feira, 25, com o primeiro treino livre do GP da Arábia Saudita. Charles Leclerc, vencedor da corrida de estreia da temporada, novamente colocou a Ferrari no topo ao fazer o melhor tempo nesta manhã. A Red Bull veio logo atrás, com Max Verstappen, enquanto Valtteri Bottas, da Alfa Romeo, surpreendeu e terminou em terceiro. 

A Mercedes mais uma vez teve um desempenho discreto. Lewis Hamilton fez apenas a nona volta mais rápida. O compatriota e companheiro de equipe do britânico, George Russell, ficou em 15º, atrás até mesmo dos dois carros da McLaren, grande decepção do Bahrein. A AlphaTauri novamente teve atuação de destaque com uma dobradinha do francês Pierre Gasly e o japonês Yuki Tsunoda na quinta e sexta posição, respectivamente. 

Charles Leclerc foi o mais rápido na primeira sessão de treinos na Arábia Saudita Foto: ANDREJ ISAKOVIC / AFP

PUBLICIDADE

Assim como no Bahrein, Leclerc disputou a ponta durante boa parte da sessão com Verstappen. O piloto da Ferrari tomou a liderança do holandês na última volta, quando trocou os pneus duros pelos macios e anotou 1m30s772, superando o 1m30s888 do atual campeão mundial. 

Quem também adotou a estratégia dos pneus macios foi Bottas. Na volta final, o finlandês disparou e cravou 1m31s084, ficando com a terceira colocação. O quarto lugar ficou com Carlos Sainz, da Ferrari, com 1m31s139. Gasly, líder do treino de estreia da F-1 na última semana, apareceu em quinto, com 1m31s317. 

Um dos destaques no Bahrein, Kevin Magnussen, da Haas, não começou bem as atividades na Arábia Saudita. Depois de um surpreendente quinto lugar na corrida de estreia, o dinamarquês teve um vazamento hidráulico no carro, necessitando a troca do radiador. Com isso, o piloto não anotou nenhum tempo e ficou fora da classificação. 

Apesar de correr boa parte do tempo com os pneus macios, Lewis Hamilton passou longe de figurar entre os primeiros. O piloto da Mercedes fez 1m32s364, dois segundos atrás de Max Verstappen, com quem protagonizou acirrada rivalidade na categoria. Sergio Perez, companheiro do holandês na Red Bull, ficou em sétimo, enquanto o francês Esteban Ocon e Fernando Alonso, ambos da Alpine, completaram o Top 10 em oitavo e décimo, respectivamente. 

A sessão ainda contou com uma bandeira vermelha aos 18 minutos. O treino foi interrompido ainda ano início depois do carro de Lando Norris encostar na placa de 50 metros da reta de largada, que havia caído na pista um pouco antes do piloto da McLaren passar pelo trecho. A organização levou quase 10 minutos para retirar os detritos da pista. 

Publicidade

A segunda sessão livre do GP da Arábia Saudita está marcada para às 14h, pelo horário de Brasília. O treino classificatório, no sábado, e a corrida, no domingo, vão começar no mesmo horário.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.