PUBLICIDADE

Mano assume responsabilidade por goleada no Corinthians: ‘Torcedor teria razão em tudo que fizesse’

Técnico evita culpar diretoria e jogadores e explica o que deu errado em seu plano para o jogo com o Bahia

Foto do author Redação
Por Redação

O técnico Mano Menezes assumiu a responsabilidade pela goleada, por 5 a 1, sofrida pelo Corinthians para o Bahia, nesta sexta-feira, na Neo Química Arena. Ao mesmo tempo, o treinador não vinculou a derrota ‘vexatória’ ao momento tenso vivido no clube por causa das eleições presidenciais a serem realizadas neste sábado no Parque São Jorge.

PUBLICIDADE

“Tudo deu errado. Não salvamos nada em um jogo como esse. Começamos com uma ideia escolhida pelo treinador, que não se sustentou e que teve de ser trocada com 20 minutos do primeiro tempo. Não é preciso falar mais nada. O treinador está assumindo que a ideia para o jogo não funcionou. Temos de pedir desculpas, nunca passei por isso como treinador, foi muito doloroso para a gente, nas nunca tivemos em condições de entregar algo melhor no jogo e a maior responsabilidade pela derrota é do treinador”, disse Mano, em entrevista coletiva.

O técnico não relacionou os problemas enfrentados pelo clube no ano com o desempenho da equipe frente ao Bahia. “Eu seria muito canalha se fizesse esse tipo de relação. O que aconteceu no ano pertence ao clube, mas nada se justifica o jogo que fizemos hoje.”

Mano Menezes analisa goleada e assume responsabilidade no Corinthians. Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Mano também não considera que a tensão vivida no clube com as eleições presidenciais possa ter prejudicado o desempenho do time. “A gente sempre conseguiu trabalhar sem a interferência dessas coisas externas no nosso dia a dia. Não acredito seja isso que tenha influenciado nosso desempenho na partida.”

Sobre os protestos e invasão do gramado por parte da torcida, após a derrota, Mano considerou justo. “Tudo que o torcedor fizesse hoje, ele teria razão.”

O Corinthians volta a jogar na terça-feira, em São Januário, no Rio, e Mano tem certeza de que o time vai se comportar melhor. Vamos jogar melhor porque não é possível jogar pior do que jogamos hoje. Na terça teremos o Corinthians de volta.”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.