Publicidade

Marcelo pode ser suspenso por ‘tempo indeterminado’ após causar lesão assustadora na Libertadores

Jogador do Fluminense é denunciado e será julgado pelo cartão vermelho no jogo contra o Argentinos Juniors: rival vai ficar um ano sem poder jogar; reveja a jogada

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

O lateral Marcelo, do Fluminense, foi denunciado pela unidade disciplinar da Conmebol pela expulsão no jogo contra o Argentinos Juniors na partida de ida das oitavas de final da Libertadores. O atleta foi enquadrado no artigo 14.1, inciso b do código de competições e pode desfalcar a equipe por tempo indeterminado.

De acordo com o texto do artigo, a Conmebol pode suspender o jogador brasileiro “por pelo menos um jogo na competição ou por período indeterminado’. A entidade não estipulou um tempo máximo de afastamento para casos como o de Marcelo e o Fluminense tem até a próxima quarta-feira, dia 9, para se posicionar sobre o caso. O time carioca entrou com uma representação na entidade para tentar anular a suspensão automática do atleta pelo cartão vermelho, na última quarta-feira.

A denúncia de Marcelo aconteceu momentos após a divulgação da súmula da partida. “Jogo brusco grave. Ele é expulso por jogo brusco grave, por pisar na altura da canela, causando uma lesão no rival. Diante do exposto, o jogador foi substituído”, diz o relato do árbitro.

Marcelo foi denunciado pela expulsão contra o Argentinos Juniors  Foto: AP Photo/Ivan Fernandez

PUBLICIDADE

Apesar de ser o causador da lesão grave em Sánchez, zagueiro do Argentinos Juniors, Marcelo foi o primeiro jogador a pedir para que a partida fosse parada e que o atendimento médico fosse realizado. Na coletiva após a partida, o técnico Fernando Diniz não entendeu a razão pelo cartão vermelho e se revoltou.

“Para mim, é absolutamente absurda a expulsão do Marcelo, uma loucura. O que o Marcelo ia fazer? Todo mundo está triste pelo que aconteceu com o atleta. Isso é uma coisa. A segunda coisa é que a expulsão foi absolutamente equivocada. Até pela reação do Marcelo. Não teve intenção. Não tinha onde o Marcelo botar o pé. Como vai ser expulso?”, questionou o treinador brasileiro.

Na quarta-feira, horas depois de sofrer a grave lesão, o zagueiro Sánchez deixou o hospital na Argentina e disse entender que Marcelo não foi maldoso no lance e já se desculpou pelo acontecido. “Marcelo me ligou e mandou mensagem para pedir desculpas. Sei que foi sem intenção”, disse Sánchez. “Ele disse que estava se sentindo mal e fiquei sabendo que foi tentar falar comigo no vestiário. São gestos que mostram como ele é como pessoa. Eu o admirava como jogador e agora o admiro como pessoa. Não tenho nada para reclamar dele, ele pode ficar tranquilo e lhe disse isso.”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.