Publicidade

Marcelo Teixeira toma posse no Santos e atualiza situações de Marcos Leonardo e Jean Lucas

Mandatário quer devolver ao time da Baixada Santista o posto de ‘maior embaixador brasileiro no mundo’

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Marcelo Teixeira foi empossado nesta terça-feira à noite, na Vila Belmiro, para o seu sétimo mandato como presidente do Santos. O dirigente, eleito com 53% dos votos válidos dos associados, indicou os membros de seu Comitê de Gestão, aprovados de forma unânime pela nova composição do Conselho Deliberativo. Em coletiva, o mandatário atualizou as situações de Marcos Leonardo, Jean Lucas e Tomás Rincón.

PUBLICIDADE

“Considero uma sessão solene, não um dia festivo aos santistas. Ainda estou me acostumando com o fato de uma realidade dura e difícil, mas Deus sabe o que faz. Nós, a partir deste momento, teremos e queremos um Conselho atuante, fiscalizador, participante, de apoio às iniciativas da área executiva. E, acima de tudo, independente e com o mesmo interesse voltado ao engrandecimento ao Santos”, disse o presidente santista.

A primeira missão de Marcelo Teixeira será enxugar o elenco do time profissional e montar o elenco que vai ter como principal objetivo em 2024 trazer a equipe de volta para a Série A do Campeonato Brasileiro. Alguns atletas devem ser negociados, casos de Marcos Leonardo e Jean Lucas.

De acordo com Teixeira, por Marcos Leonardo o clube aguarda uma proposta superior aos € 18 milhões (R$ 96 milhões) estipulados em contrato. Jean Lucas, por sua vez, tem propostas do futebol brasileiro e internacional e não deve ficar. Já Tomás Rincón aceitou uma readequação de seus vencimentos e a tendência é de permanência.

Marcelo Teixeira terá de reestruturar o Santos para a disputa da Série B. Foto: Raul Baretta/ Santos FC

“Podem ter certeza que em nenhum momento a partir desse instante me furtarei de estar aqui respondendo a cada um dos questionamentos feitos pelos conselheiros, conselheiros e santistas. A cada minuto, a cada hora estarei trabalhando para que o Santos esteja, mais uma vez, brilhando e sendo o maior embaixador brasileiro no mundo”, afirmou o dirigente.

O Comitê de Gestão vai contar com: Fernando Bonavides (vice-presidente), José da Costa Teixeira (conselheiro), Luiz Roberto Colombo Barboza (conselheiro) e Daniel Pereira Alves (conselheiro). A cerimônia contou com a presença de Augusto Melo, presidente eleito do Corinthians, que vai tomar posse no próximo dia 2, no Parque São Jorge.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.