Publicidade

Matías Rojas falta a treino e decide deixar o Corinthians; entenda a situação

Meio-campista busca rescindir contrato com o clube, que está em contato com o estafe do jogador “para entender os motivos que o levaram a tomar tal atitude”

PUBLICIDADE

Por Wilson Baldini Jr
Atualização:

O Corinthians teve o sentimento de alegria e tristeza, nesta quinta-feira, durante o treino realizado no CT Joaquim Grava. Os jogadores estavam com o fôlego renovado após a derrota da Inter de Limeira para o São Paulo, o que manteve as chances de classificação para as quartas de final do Campeonato Paulista, mas também houve uma alteração no clima com a saída repentina do meia Matías Rojas.

PUBLICIDADE

O jogador paraguaio alegou falta de pagamento de salários atrasados por parte do clube, negocia rescisão de contrato e não pretende mais vestir a camisa alvinegra. A informação foi dada em primeira mão pelo jornalista Benjamin Back e confirmada pelo Estadão. Em nota oficial, o clube afirmou que foi pego de surpresa com a ausência do meia e que não tem maiores informações sobre o caso.

“A diretoria do Sport Club Corinthians Paulista foi surpreendida pela notícia de que o atleta Matías Rojas não compareceu ao treino desta quinta-feira (29). Representantes do clube estão em contato com o estafe do jogador para entender os motivos que o levaram a tomar tal atitude e estudar as providências”, diz o texto.

O meia paraguaio Matías Rojas decidiu deixar o Corinthians. Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Contratado pelo Corinthians em julho do ano passado, na gestão de Duilio Monteiro Alves, Rojas tem contrato até 2027. Em janeiro, já havia ameaçado deixar o clube e acionar a Fifa para resolver pendências referentes aos seus direitos de imagem. A diretoria, agora comandada por Augusto Melo, fez um acordo com o atleta e conseguiu mantê-lo no elenco. Agora, o meia alega não ter recebido a parcela do mês de fevereiro.

No meio de janeiro, Augusto Melo falou sobre a situação do paraguaio. “Tinha o problema do Rojas, que é um atleta encantador, simpático, cumprimenta todo mundo, está feliz, quer jogar. Aquela história, né: finge que paga, finge que joga. Agora, quero que jogue, porque está em dia”, disse em entrevista ao programa Jogo Aberto, da Band.

Sem Rojas, o técnico António Oliveira orientou seu elenco, visando o confronto com o Santo André, domingo, às 16 horas, na Neo Química Arena, pela 11ª e penúltima rodada da primeira fase.

Com dez pontos, o Corinthians briga com Inter de Limeira e Mirassol, ambos com 14, pela segunda vaga do Grupo C para as quartas de final do Paulistão. A primeira é do Red Bull Bragantino, que acumula 18. O time alvinegro precisa da vitória e torcer para que seus dois concorrentes não vençam para seguir com chances de classificação na última rodada marcada para dia 10.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.