PUBLICIDADE

Publicidade

Moraes e Kevin Lomónaco confessam participação em esquema de apostas no Brasileirão

Em depoimento ao Ministério Público de Goiás, atletas de Aparecidense e Red Bull Bragantino admitem atuação em escândalo que afetou jogos do torneio nacional

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

O lateral-esquerdo Onitlasi Moraes, que defendia o Juventude, e o zagueiro Kevin Lomónaco, do Red Bull Bragantino, confessaram ter participado de manipulações de resultados envolvendo partidas do Campeonato Brasileiro de 2022. Em vídeos obtidos pelo Uol, os atletas admitem para o Ministério Público de Goiás o envolvimento no esquema.

Moraes afirmou que recebeu R$ 25 mil para tomar cartões amarelos nas partidas contra Palmeiras e Goiás na temporada passada. Em depoimento, o jogador disse se arrepender do esquema.

Eu sabia que era errado. Eu fiquei muito arrependido, mas foi um momento que realmente estava precisando, eu e minha esposa. Eu estava precisando da grana e acabei topando fazer. Minha esposa ficou brava comigo.

Moraes, jogador da Aparecidense

Já o argentino Kevin Lomónaco afirmou ter recebido uma proposta de R$ 70 mil para tomar um cartão amarelo na partida contra o América-MG. Apesar de ter sido punido com o cartão, o zagueiro recebeu apenas R$ 30 mil dos golpistas. O celular do atleta argentino foi apreendido pelos promotores e nele foram encontrados conversas que comprovam a manipulação.

Ele falava que eu ia ganhar dinheiro rápido, que somente tinha que pegar cartão amarelo. Aceitei. Eu estava na concentração, um dia antes do jogo, acho. Ele seguia insistindo, mandando mensagem, dizendo: ‘Vamos fechar, hermano, é dinheiro...’ Mas eu fiz sem conhecimento algum que era um crime, algo assim. Fiz assim normal, não perguntei nada pra ninguém.

Kevin Lomónaco, atleta do Red Bull Bragantino

Ambos os jogadores foram afastados de seus respectivos clubes. Moraes pertence ao Atlético Goianiense e estava treinando à parte e nesta semana foi emprestado para a Aparecidense. Já Lomónaco continua vinculado ao Red Bull Bragantino.