PUBLICIDADE

Neto perde eleição para conselheiro do Corinthians, mas ainda pode concorrer à presidência em 2026

Ex-jogador e apresentador da Band apoiou Augusto Melo, que foi eleito presidente; chapa de ídolo corintiano terminou na suplência do Conselho

Foto do author Róbson Martins
Por Róbson Martins
Atualização:

Ex-jogador e ídolo do Corinthians, Neto anunciou que seria candidato à presidência do clube paulista em 2026 caso Augusto Melo vencesse a eleição realizada neste sábado, dia 25, no Parque São Jorge, sede social do clube. O apresentador da Band ainda confirmou seu voto para o representante da oposição.

PUBLICIDADE

“Eu votei no Augusto Melo e na minha chapa. Até porque se ela ganhar essa eleição, em 2026 sou candidato à presidência do Corinthians, com o Herói (Vicente) como meu vice”, declarou Neto, que estava concorrendo a reeleição no Conselho Deliberativo.

Apesar da vitória de Melo ter sido confirmada, a chapa de Neto, Liberdade Corinthiana, ficou na suplência, com 272 votos. Ainda assim, ele teoricamente poderá seguir com seus planos. Segundo o estatuto do clube, é preciso ser conselheiro vitalício ou ter sido eleito conselheiro pelo menos duas vezes para concorrer a presidente. Neto já ocupou o cargo por três mantados (2012, 2017 e 2020).

Neto diz que concorrerá à presidência do Corinthians caso Augusto Melo seja eleito neste sábado. Foto: José Manoel Idalgo/ Agência Corinthians

“Eu posso não ser para muitas pessoas quem vai mudar essa história. Eu tenho certeza de que, na sequência do Augusto Melo, com quem tenho essa parceria, eu serei o próximo (presidente). Torço e votei no Augusto Melo. A Renovação e Transparência não existe, isso foi tudo uma mentira. O Corinthians é mais importante que todos eles”, completou.

Quem também falou foi Andrés Sanchez, líder do grupo Renovação e Transparência, que está no comando do clube desde 2007. O ex-mandatário do Corinthians reiterou o apoio ao candidato da situação André Luiz de Oliveira, o André Negão. “No futebol, perde-se e se ganha. Não dá para ganhar todo ano. Nos últimos 15 anos, quem mais ganhou títulos no Brasil? Há erros e acertos?”, disse a Cacá Catalão, do Canal do Povo Escolhido, no Youtube.

O Corinthians vem de uma goleada por 5 a 1 para o Bahia, na última sexta-feira, pela 35ª rodada do Brasileirão. O resultado igualou a pior derrota na história na Neo Química Arena, gerando vaias e protestos na arquibancada: “Fora, todo mundo: diretoria omissa e elenco vagabundo”, protestaram as organizadas durante a partida.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.