PUBLICIDADE

O que se sabe sobre o futuro de Mbappé, que já pode assinar um pré-contrato e deixar o PSG

Atacante campeão do mundo com a França em 2018 movimenta o mercado da bola, tendo Liverpool e Real Madrid como possíveis destinos; mundo árabe corre por fora

Por Sergio Neto
Atualização:

Nos últimos anos, Kylian Mbappé se tornou o verdadeiro rosto e a força motriz do Paris Saint-Germain. Sua presença nos gramados não apenas elevou o status do clube, mas também alimentou as esperanças dos torcedores de conquistar a tão desejada Liga dos Campeões da Uefa, uma ambição que, até agora, tem sido distante para a equipe parisiense. Nomes como Neymar e Messi já chegaram e saíram, e nada da inédita ‘orelhuda’ vir.

PUBLICIDADE

Quando o jovem atacante francês chegou ao PSG em 2017, junto ao Monaco, em uma transferência que reverberou por todo o mundo do futebol, as expectativas eram altas. Primeiro, foi um empréstimo. Depois, a compra por aproximadamente 180 milhões de euros (quase R$ 1 bilhão na cotação atual). Desde então, ele provou ser mais do que apenas uma promessa, consolidando-se como uma estrela global do esporte. O protagonismo na conquista da Copa do Mundo de 2018 com a França é prova disso.

Desde que chegou a Paris, tem sido figura incontestável no onze titulares. E os números são ainda mais surpreendentes. São 282 jogos com 233 gols marcados. Foram inúmeros títulos conquistados, mas nunca uma Champions. O salário também chama a atenção. Por temporada, o craque francês de 25 anos ganha 72 milhões de euros, aproximadamente RS$ 386 milhões.

Fim do relacionamento? Mbappé pode finalmente deixar o PSG. Foto: Franck Fife/AFP

Por mais que seja justamente valorizado, nos bastidores, especulações e rumores têm circulado sobre o futuro de Mbappé no Paris Saint-Germain há tempos. Há indícios de que o jogador estaria considerando novos desafios e oportunidades em sua carreira, levantando questões sobre a possibilidade de uma transferência impactante. O Real Madrid apareceu mais de uma vez como provável destino, mas nunca nada foi concretizado.

Os motivos por trás dessa potencial mudança variam, desde a busca por novos horizontes competitivos até fatores contratuais e financeiros. Clubes de todo o mundo estão atentos a qualquer desenvolvimento, ansiosos para aproveitar a oportunidade de contar com os serviços de um dos jogadores mais talentosos da atualidade.

À medida que o PSG enfrenta esse período de incerteza, os torcedores seguram a respiração, esperando por atualizações sobre o futuro de Mbappé. Afinal, a saída do jogador representaria não apenas a perda de uma peça-chave no elenco, mas também o fim de uma era marcada pela ascensão meteórica de um talento extraordinário.

A notícia mais recente é de que o Liverpool estaria disposto a brigar forte para ter Mbappé. Segundo o jornal britânico Daily Mail, dois pontos estariam a favor dos ingleses: o técnico Jurgen Klopp, quem teria uma boa relação com Mbappé, e a própria mãe do atacante, que é torcedora do clube inglês. O Real Madrid, no entanto, sempre foi o favorito caso o atleta optasse por deixar o PSG.

Publicidade

A briga é boa. O clube merengue promete fazer uma última investida ainda nesta semana. Segundo o jornal Marca, o valor que será apresentado é de quase R$ 700 milhões — um acordo entre as partes chegou a ser noticiado no dia 8 de janeiro, mas foi desmentido pelo estafe do atacante. Recentemente, o jogador recusou uma proposta de R$ 1,6 bilhão para atuar no Al Hilal, da Arábia Saudita.

Enquanto isso, o atacante francês continua como a principal arma do PSG para a disputa do Campeonato Francês e da Liga dos Campeões.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.