PUBLICIDADE

Publicidade

Palmeiras bate o Inter com gols de Zé Rafael, Endrick e Rony, e dorme na liderança do Brasileirão

Time de Abel Ferreira vence por 3 a 0, ultrapassa o Botafogo e torce pelo tropeço dos cariocas neste domingo para terminar rodada no topo da tabela

Foto do author Rodrigo Sampaio
Por Rodrigo Sampaio
Atualização:

O Palmeiras é o novo líder do Campeonato Brasileiro - pelo menos momentaneamente. O time de Abel Ferreira derrotou o Internacional neste sábado, por 3 a 0, na Arena Barueri, e ultrapassou o Botafogo na tabela de classificação. A equipe palmeirense chegou aos 62 pontos, contra 59 do alvinegro carioca, que joga neste domingo e pode retomar a ponta. Zé Rafael, no primeiro tempo, e Endrick e Rony, no segundo tempo, fizeram os gols da vitória.

Para terminar a rodada na liderança, o Palmeiras vai precisar torcer pelos tropeços de Botafogo e Grêmio, que enfrentem Red Bull Bragantino e Corinthians, respectivamente, neste domingo — ambos os adversário têm um jogo a menos. Com a pausa para a Data Fifa, a equipe alviverde volta a campo somente no dia 26 de novembro, quando enfrenta o Fortaleza, no Castelão. No mesmo dia, o Inter recebe o Bragantino, no Beira-Rio.

Endrick e Zé Rafael comemoram gol do Palmeiras sobre o Inter. Foto: Reprodução/X/@Brasileirao

PUBLICIDADE

Palmeiras e Internacional começaram a partida com propostas bem distintas. Enquanto o time gaúcho buscou ficar com a bola, tabelando para chegar ao ataque, a equipe palmeirense apostou em cruzamentos para Breno Lopes e bolas em profundidade para Endrick. O atacante de 17 anos, recém-convocado para a seleção brasileira, levou perigo com chutes de fora da área, chegando a acertar a trave da meta defendida por Rochet. Os colorados perderam duas ótimas oportunidades com Alan Patrick, que furou sozinho na pequena área na primeira, e na segunda obrigou Weverton a fazer boa defesa à queima-roupa.

Apesar do calor de 28 graus da noite de São Paulo, a primeira etapa foi marcada por um ritmo bastante forte, com ambas as equipes buscando o ataque à sua maneira. Jogador mais acionado do Palmeiras, Endrick deu trabalho para a marcação colorada e foi quem criou os lances mais inspirados da equipe alviverde. Insistindo nas jogadas pela direita, o time de Abel Ferreira abriu o placar com Zé Rafael, aos 37, após bate-rebate na área. A bola ainda desviou em Vitão antes de enganar Rochet e morrer no fundo das redes.

Além de não contar Gustavo Gómez, suspenso, o Palmeiras perdeu Luan, machucado, para o segundo tempo. Murilo e o improvisado Marcos Rocha ganharam a companhia do jovem Naves na zaga. A ausência de dois titulares não demonstrou ser problema para a defesa, que se beneficiou da lentidão do Internacional para esboçar lances de ataques. Na primeira vez que o Inter tabelou com rapidez na frente, Enner Valencia bateu com força na entrada da área e Weverton fez boa defesa. Os visitantes viviam seu melhor momento na partida quando Raphael Veiga desarmou Johnny na defesa e Endrick aproveitou o vacilo adversário para mandar para o fundo do gol, aos 13 minutos do segundo tempo.

Logo após ampliar o Palmeiras ampliar o placar, Abel Ferreira tirou os dois atacantes, Endrick e Breno Lopes, para colocar o jovem lateral-esquerdo Vanderlan e Rony. As mudanças fizeram o time alviverde ganhar mais combatividade no meio-campo e força pelos lados, praticamente inibindo qualquer reação do Inter. No apagar das luzes, a dupla protagonizou o último gol palmeirense, com Vanderlan tocando para Rony só empurrar para as redes.

FICHA TÉCNICA:

Publicidade

PALMEIRAS 3 x 0 INTERNACIONAL

PALMEIRAS - Weverton; Marcos Rocha, Luan (Naves) e Murilo; Mayke, Zé Rafael, Richard Rios (Fabinho), Raphael Veiga (Artur) e Piquerez; Breno Lopes (Vanderlan) e Endrick (Rony). Técnico: Abel Ferreira.

INTERNACIONAL - Rochet; Bustos, Igor Gomes, Vitão e Dalbert (Nico Hernández); Johnny (De Pena), Aránguiz (Rômulo), Maurício (Pedro Henrique), Alan Patrick e Wanderson; Enner Valencia (Luiz Adriano). Técnico: Eduardo Coudet.

GOLS - Zé Rafael, aos 37 do primeiro tempo. Endrick, aos 13 , e Rony, aos 42 do segundo tempo

CARTÕES AMARELOS - Murilo (Palmeiras); Aránguiz, Dalbert e Alan Patrick (Internacional)

ÁRBITRO - Paulo Cesar Zanovelli (Fifa-MG).

PÚBLICO - 19.358

Publicidade

RENDA - R$ 921.149,00

LOCAL - Arena Barueri, em Barueri (São Paulo)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.