PUBLICIDADE

Publicidade

Guardiola já tem data para deixar o Manchester City, aponta jornal

Técnico espanhol não revelou os próximos passos na carreira, mas já falou sobre o desejo de comandar uma seleção

PUBLICIDADE

Foto do author Milena Tomaz

O técnico Pep Guardiola comandou o Manchester City ao inédito tetracampeonato Inglês e ao primeiro título da Champions League conquistado pelo time. No entanto, a vitoriosa parceria pode chegar ao fim na próxima temporada.

A informação do jornal britânico Daily Mail é de que o treinador espanhol planeja mudar de ares tão logo acabar o vínculo atual com a equipe de Manchester, em junho de 2025. A alegação vai de encontro com a declaração de Guardiola ao ser perguntado sobre uma possível renovação de contrato.

Pep Guardiola, técnico do Manchester City, não teve ficar no clube após a temporada 2024/25, aponta jornal britânico. Foto: Kin Cheung/AP

PUBLICIDADE

“A realidade é que estou mais perto de sair do que de ficar. São oito anos, serão nove. No momento, a sensação é só que quero ficar na próxima temporada”, disse ele depois da conquista da Premier League 2023/24. De acordo com a publicação, o Manchester City quer a extensão do contrato, mas vai dar espaço para o técnico decidir sobre o futuro.

Pep Guardiola tem 53 anos e 38 troféus como treinador. A carreira começou em 2008, no Barcelona, onde levantou 14 taças. Em 2013, o espanhol assumiu o comando do Bayern de Munique, e chegou a sete campeonatos conquistados no time alemão até 2016, quando assinou com o Manchester City.

No clube inglês, o técnico já soma 17 títulos: Campeonato Inglês (2017/18, 2018/19, 2020/21, 2021/22, 2022/23 e 2023/24), Copa da Liga Inglesa (2017/18, 2018/19, 2019/20 e 2020/21), Supercopa da Inglaterra (2018/19 e 2019/2020), Copa da Inglaterra (2018/19 e 2022/23), Champions League (2022/23), Mundial de Clubes (2023) e Supercopa da Europa (2023).

Embora ainda não tenha detalhado os planos para o futuro pós-City, Guardiola já revelou o desejo de treinar uma seleção quando a passagem pela equipe da Inglaterra chegar ao fim. “Gostaria de ter a experiência de viver uma Copa do Mundo, uma Eurocopa, uma Copa América, o que seja. Gostaria de vivenciar isso. Não sei quando, daqui cinco, dez, 15 anos, mas gostaria de disputar uma Copa como treinador”, afirmou ele à ESPN.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.