PUBLICIDADE

Publicidade

Zubeldía elogia São Paulo no empate com Palmeiras: ‘Importante é que se deixou tudo em campo’

Time tricolor não saiu do 0 a 0 em duelo com o rival alviverde no MorumBis, nesta segunda-feira

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Impressionado com a atmosfera criada pelos 55 mil torcedores presentes no empate com o Palmeiras, nesta segunda-feira, no MorumBis, o técnico Luís Zubeldía elogiou a postura do time do São Paulo durante a partida da quarta rodada do Brasileirão.

“Quando se deixa tudo em campo os torcedores percebem esta entrega. Desfrutei muito o clima do estádio e se não estou mais feliz é porque gostaria de ganhar. O empate não é dos piores. Foi um clássico, com equipes equilibradas”, disse o treinador, que fez sua estreia no Campeonato Brasileiro.

Zubeldía empatou em clássico com o Palmeiras, o seu segundo jogo sob o comando do São Paulo. Foto: Alex Silva/Estadão

O técnico argentino destacou a atuação de Alisson. “Ele fez uma partida extraordinária. Grandes equipes precisam ter grandes volantes. O alto nível do Alisson ajudou a entrada do Bobadilla.” E deixou claro que James Rodríguez está longe de ter chance na equipe titular.

PUBLICIDADE

“Ele teve quatro sessões de treinamento. Achamos que para ele atingir mais nível deveria jogar mais tempo. O colocamos porque ele poderia encontrar um passe no último terço do campo. Mas precisa de um melhor preparo físico ou teremos outras opções melhores.”

O São Paulo volta a jogar na quinta-feira, no Pará, diante do Águia de Marabá, pela Copa do Brasil. Zubeldía deixou claro que deverá usar reservas, poupando para as partidas seguintes pelo Brasileirão e Copa Libertadores. “É provável que faremos rotação porque tenho de descansar alguns jogadores que estão com desgaste importante de viagens e jogos. É momento de revezar a equipe para ter boas condições domingo e na outra quarta-feira.”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.