PUBLICIDADE

Publicidade

Segurança de Messi ‘invade’ campo para evitar que torcedor abrace camisa 10; veja vídeo

Atacante argentino foi protegido por Yassine Cheuko, ex-soldado americano, durante partida entre Los Angeles FC e Inter Miami

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Messi continua revolucionando o mundo de futebol dos Estados Unidos. Com dezenas de celebridades nos estádios por onde passa, o camisa 10 atrai o interesse dos torcedores. Neste fim de semana, um destes seguidores chegou a poucos centímetros do jogador em campo, mas foi impedido pelo seu segurança particular, “escalado” por David Beckham, um dos donos do Inter Miami, para sua defesa pessoal, conforme reportagem feita pelo Estadão semana passada.

PUBLICIDADE

Yassine Cheuko, um ex-soldado americano, que esteve no front nas guerras no Iraque e Afeganistão, impediu que o atacante fosse incomodado por um torcedor que acompanhava a partida entre Los Angeles FC e Inter Miami. Quando a partida estava paralisada, um homem, com a camisa do Barcelona, partiu das arquibancadas em direção ao craque argentino, mas foi parado pelo segurança.

Cheuko correu mais do que o torcedor, impossibilitando que ele encostasse em Messi. O atacante permaneceu parado durante toda a ação. Após ser imobilizado, o torcedor, que não teve sua identidade revelada, foi levado para fora do campo pelos seguranças do estádio.

O segurança de Messi é um especialista em várias artes marciais, mas não é apenas um praticante de lutas de defesa. Ele costuma competir. De acordo com o jornal Miami Diario, ele luta tae kwon do, boxe e MMA. Quem entra em suas redes sociais não encontra nenhuma menção a Messi, apenas vídeos e fotos de lutas e treinamentos.

A atividade do lutador junto a Messi não se limita aos jogos de futebol também. Ele acompanha a maioria dos afazeres do argentino fora de sua casa, como compras, passeios e afins. Antes das partidas, é o primeiro a descer do ônibus para fazer uma varredura no caminho que o craque percorrerá até o vestiário e, em seguida, ao gramado.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.