PUBLICIDADE

Publicidade

STF rejeita recurso do Flamengo, mantém Sport campeão de 87 e São Paulo com Taça das Bolinhas

Dessa forma, equipe tricolor é a detentora do polêmico troféu, por ser o primeiro clube considerado pentacampeão nacional

PUBLICIDADE

Por Gabriel Batistella

Nesta sexta-feira, 17, o Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria e negou o recurso do Flamengo para que o clube carioca fosse reconhecido como campeão brasileiro de 1987 e detentor oficial da Taça das Bolinhas. A decisão mantém o Sport como o único vencedor daquela edição e o São Paulo como o dono do troféu. O julgamento ainda não acabou, a decisão final ocorrerá às 23h59 de hoje.

Entre os ministros que votaram contra o pedido da equipe rubro-negra estão Dias Toffoli, André Mendonça e Edson Facchin. Gilmar Mendes e Nunes Marques ainda não manifestaram os seus votos.

Sport é considerado o único campeão brasileiro de 1987 tanto pela CBF quanto pelo STF. Foto: Anderson Freire/Sport Club do Recife

PUBLICIDADE

O Flamengo é sete vezes campeão do Campeonato Brasileiro. Em 1987, a competição foi dividida em dois módulos: Verde (primeira divisão) e Amarelo (segunda divisão). A equipe rubro-negra venceu o primeiro módulo, enquanto o time do Recife conquistou o segundo.

A CBF queria que os vencedores dos dois grupos se enfrentassem para definir o campeão geral da edição, mas o Flamengo recusou a disputa, e o Sport foi declarado campeão por desistência do rival.

Desde então, a equipe carioca busca o reconhecimento do título de 1987, mas não vem tendo sucesso. Em 2011, a CBF tentou resolver a situação de forma “pacífica” e passou a reconhecer o Flamengo também como vencedor da edição, mas em 2014 o Supremo Tribunal de Justiça (STJ) anulou a resolução da entidade máxima do futebol e manteve o Sport como o único campeão.

Com a decisão de hoje, a Taça das Bolinhas fica com o São Paulo. O troféu é destinado ao primeiro clube que conquistasse o Campeonato Brasileiro três vezes de maneira consecutiva ou em cinco oportunidades. Em 2007, o time paulista recebeu a taça, tendo vencido a competição em quatro ocasiões anteriores (1977, 1986, 1991 e 2006).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.