PUBLICIDADE

Publicidade

Técnico acerta cabeçada em jogador adversário na Itália; veja vídeo

Episódio aconteceu após apito final, na vitória do Verona sobre o Lecce neste domingo; treinador pediu desculpas e disse que agressão não foi premeditada

PUBLICIDADE

Foto do author Róbson Martins
Atualização:

O confronto entre Lecce e Verona pela 28ª rodada do Campeonato Italiano ficou marcado por uma cena de violência que repercutiu fortemente na imprensa e nas redes sociais. Após a vitória dos visitantes por 1 a 0, uma confusão eclodiu no campo, culminando com o técnico do Lecce, Roberto D’Aversa, agredindo o atacante adversário Thomas Henry com uma cabeçada.

PUBLICIDADE

O gol do Verona foi marcado pelo meio-campista Folorunsho aos 17 minutos do primeiro tempo, aprofundando a crise do Lecce na luta contra o rebaixamento. No entanto, o momento mais tenso ocorreu após o apito final, quando D’Aversa invadiu o campo e protagonizou o episódio violento. Ele acabou sendo demitido após o ato.

Em entrevista à SkySports depois do jogo, D’Aversa expressou seu arrependimento pelo ocorrido, atribuindo o ataque de fúria a provocações constantes nos últimos minutos da partida. “Entrei em campo para afastá-los dos adversários. Depois houve o confronto com Henry que, garanto a vocês, não foi premeditado”, explicou.

Roberto D'Aversa, treinador do Lecce, agrediu adversário no Campeonato Italiano.  Foto: Abbondanza Scuro Lezzi/EFE

O técnico destacou que sua intenção era evitar que seus jogadores recebessem suspensões, mas reconheceu que sua reação foi inaceitável, pedindo desculpas pelo gesto, que classificou como “certamente não bonito de se ver”. Ambos os envolvidos foram expulsos pelo árbitro.

Em nota, o Lecce se manifestou afirmando que “condena firmemente o gesto de seu treinador, pois é contrário aos princípios e valores do esporte”. Com o resultado, a equipe permaneceu com 25 pontos, ocupando a 15ª posição na tabela, apenas um ponto à frente do Frosinone, que abre o Z-3. Por outro lado, o Verona alcançou os 26 pontos, subindo para a 13ª colocação na Serie A.

O atacante do Verona Thomas Henry também foi expulso por confusão após apito final. Foto: Giovanni Evangelista/LaPresse via AP
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.