PUBLICIDADE

Publicidade

Técnico da Argentina testará meio-campo mais fechado

Atacante Lavezzi pode dar lugar ao volante Biglia

PUBLICIDADE

Foto do author Gonçalo Junior
Por Gonçalo Junior e Vítor Marques - Enviados especiais a Belo Horizonte

A contusão de Agüero abriu espaço para a entrada de Lavezzi no time titular da Argentina. Mas o técnico Alejandro Sabella estuda nova mudança na equipe que enfrenta, sábado, os belgas. Dessa vez, a alteração seria por ordem técnica e tática. Lavezzi poderia sair do time e dar lugar ao volante Biglia, o que daria mais consistência ao meio de campo, algo fundamental para enfrentar um time rápido e perigoso como a Bélgica. Sabella teria um meio de campo mais "pegador", com Mascherano, Biglia e Gago. A quarta peça é Di María. Lionel Messi e Higuaín continuam formando a dupla de ataque.

Sem Lavezzi, Sabella espera ter meio-campo mais consistente Foto: Diego Azubel/EFE

Após a vitória contra a Suíça, por 1 a 0, com gol aos 13 minutos do segundo tempo da prorrogação, Sabella evitou falar sobre possíveis mudanças no time. Ele disse que sempre tem dúvidas sobre como montar a equipe. E também não garantiu Lavezzi como titular. "O Lavezzi entrou bem contra a Nigéria. Mas tivemos alguns problemas com a movimentação contra a Suíça. Sim, podemos fazer mudanças. Temos dois dias para definir. Sempre precisamos buscar o equilíbrio entre o ataque e a defesa", afirmou o treinador. As alternativas de como montar o time começam a ser testadas nesta quinta-feira, quando a Argentina fará um treino fechado à imprensa na Cidade do Galo. Sabella tende a testar essa variação (Lavezzi por Biglia). "Fico com dúvidas até algumas horas antes de todos os jogos." É a única indefinição na equipe. Nas demais posições, Sabella tem o time montado. Rojo está suspenso pelo segundo amarelo e dará lugar ao lateral-esquerdo Basanta. "Confio nele", falou o treinador depois da vitória sobre a Suíça. Messi e os outros titulares praticamente folgaram na tarde de quarta. Os jogadores passaram uma parte do treino sentados no gramado, fazendo alongamento e assistindo aos reservas trabalharem com bola. Antes do início das atividades na Cidade do Galo, Sabella chamou todo o elenco para um rápido bate-papo. Foi a primeira vez que ele fez isso na frente da imprensa. A surpresa, no entanto, ficou por mais um treino de Agüero. Ainda que não tenha sido um trabalho puxado, ele correu e deu alguns piques no gramado, num sinal de que sua recuperação segue num bom ritmo. Ele está praticamente descartado para o jogo de sábado, mas poderia ficar à disposição para uma eventual semifinal ou final. Agüero sofreu uma lesão muscular de grau 1 na coxa esquerda no último jogo da primeira fase, contra a Nigéria. E corre contra o tempo para ainda atuar na Copa. 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.