Cariocas se deram bem

Os quatro clubes venceram, subiram bem na tabela e podem incomodar os paulistas. O Botafogo derrotou o Grêmio por 2 a 1, o Fluminense bateu o Avaí por 1 a 0, o Vasco venceu o Atlético-GO por 1 a 0 e o Internacional fez 4 a 1 no Figueirense

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

No jogo em que o goleiro Renan brilhou e que houve novo apagão no Engenhão, algo frequente neste ano, o Botafogo derrotou o Grêmio por 2 a 1, ontem. Com o resultado, a equipe a do Rio chegou aos 11 pontos e entrou no G-4. Já o adversário, que jogava de igual para igual até Fernando ser expulso, fica com 7.

PUBLICIDADE

Com 25 minutos de jogo, o Botafogo havia finalizado cinco vezes contra nenhuma do Grêmio, que só se defendia. Mas, no segundo tempo, o time carioca iniciou sem o mesmo ímpeto e passou a ser vaiado. Caio Júnior colocou o jovem Cidinho - e o garoto pôs fogo na partida. Aos 23 minutos, ele provocou a expulsão de Fernando, que o derrubou.

Dois minutos depois, o meia Élkeson chutou forte na direção da área, Marcelo Mattos meteu a cabeça e fez 1 a 0. Das vaias, os torcedores passaram a pedir que Marcelo Mattos, cujo empréstimos está prestes a terminar, não deixe o clube.

Em seguida, o Engenhão ficou às escuras: houve o mesmo problema num Fla-Flu, pelo Campeonato Carioca, e na partida entre Fluminense e Libertad pela Libertadores. Depois de 22 minutos de paralisação, o Botafogo fez 2 a 0, com o meia Élkeson. O zagueiro Rafael Marques ainda descontou para o Grêmio. Na Ressacada

Mesmo com um jogador a menos desde os 38 minutos do primeiro tempo, após Rafael Moura acertar uma cotovelada em Gustavo Bastos e receber o vermelho direto, o Fluminense bateu o Avaí por 1 a 0, fora de casa.

Publicidade

Essa foi a primeira vitória de Abel Braga em sua volta. "Uma vitória de entrega, resgatou a dignidade do time. Emocionou, nós sempre estivemos mais perto do segundo gol do que eles do empate", festejou o treinador.

Logo com um minuto, Felipe fez 1 a 0 para o Vasco diante do Atlético-GO, porém, a partida teve outro herói: o goleiro Fernando Prass. Ele fez ótimas defesas e garantiu os três pontos. "Eu fiz defesas importantes, mas o mérito é da defesa", disse.

No Sul, o Internacional fez 4 a 1 no Figueirense, conquistando a sua primeira vitória em casa neste Brasileirão. Bolívar, Oscar, Leandro Damião e Ricardo Goulart fizeram os gols. Wellington Nem descontou.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.