Publicidade

Jumbo-Visma vence prova por equipes e Teunissen mantém a ponta da Volta da França

Com performance bem coreografada, time percorre percurso de 27,6 quilômetros em 28min58s, 20 segundos mais rápido do que a equipe Ineos

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

O ciclista holandês Mike Teunissen manteve a liderança da classificação geral da Volta da França neste domingo, depois que a Jumbo-Visma venceu a prova por equipes de contrarrelógio, de apenas 27,6km, que teve largada e chegada na cidade de Bruxelas.

Com uma performance bem coreografada nas ruas da capital belga, os ciclistas da Jumbo-Visma percorreram a percurso de 27,6 quilômetros em 28min58s, 20 segundos mais rápido do que a equipe Ineos, da qual faz parte o britânico Geraint Thomas, atual campeão da competição, e o colombiano Egan Bernal.

Jumbo-Visma vence prova por equipes e Teunissen mantém a ponta da Volta da França. Foto: Anne-Christine Poujoulat/AFP

PUBLICIDADE

A Deceuninck Quick-Step completou o pódio, chegando apenas um segundo atrás da Ineos. Teunissen, o primeiro holandês a usar a tradicional camisa amarela da Volta da França em 30 anos, havia vencido a primeira etapa no sábado, com uma performance surpreendente que contou com um sprint final decisivo para o triunfo.

Como Teunissen estava no topo da classificação, a Jumbo-Visma começou em último lugar na rampa perto do Palácio Real. Em condições meteorológicas perfeitas, eles alcançaram o tempo mais rápido nos dois pontos intermediários na trecho plano que passou pela região de Woluwe Saint-Pierre - onde está situada a casa de infância do lendário ciclista Eddy Merckx - até chegar no Atomium, o monumento construído em 1958 que é um dos símbolos de Bruxelas.

Cercado por companheiros de equipe adequados para o terreno plano, incluindo o ex-campeão mundial de contrarrelógio Tony Martin, Teunissen brilhou, tendo excelente desempenho nas curvas.

"Fomos os mais rápidos. Estávamos voando, foi incrível", celebrou Teunissen. "Não que eu esteja me acostumando a vencer etapas no Tour de France, mas ir nesse caminho é muito, muito bom", completou.

Com o número 1 nas costas, Geraint Thomas não mostrou sinais de fraqueza após o acidente que o fez terminar a primeira etapa na 111ª colocação e se mostrou satisfeito com o segundo lugar de sua equipe.

Publicidade

"Eu me senti muito bem hoje. Temos velocidade e conseguimos acompanhar o ritmo da prova", disse o britânico. "Poderíamos ter feito algumas curvas com maior velocidade, mas foi uma perda mínima."

Depois de dois dias na Bélgica, a terceira etapa da Volta da França terminará em território francês e terá um percurso total de 215 km nesta segunda-feira. A largada será na cidade belga de Binche e a chegada em Epernay, na região de Champagne, onde os competidores terão de encarar uma subida dura nos últimos 500 metros.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.