PUBLICIDADE

Bia Haddad supera russas nas duplas e avança às oitavas do Aberto da Austrália; Rafael Matos cai

Brasileira não se deixa abater pela eliminação nas simples e, ao lado de Taylor Townsend, despacha Aliaksandra Sasnovich e Anna Blinkova por 2 sets a 0

Foto do author Redação
Por Redação

Bia Haddad Maia não deixou se abater pela eliminação nas simples e deu a volta por cima neste sábado ao avançar às oitavas de final do Aberto da Austrália. A brasileira, que teve como companheira a americana Taylor Townsend, superou as russas Aliaksandra Sasnovich e Anna Blinkova por 2 sets a 0, parciais de 7/6 (7-2) e 6/4, em 1h36min de partida.

PUBLICIDADE

Invictas como dupla e vindo de cinco vitórias consecutivas, Bia e Townsend enfrentam nas oitavas de final a russa Alexandra Panova e a espanhola Cristina Busca, que avançaram com extrema facilidade diante de Elina Avanesyan e Irina Shymanovich por 2 sets a 0, parciais de 6/1 e 6/2.

O primeiro set foi equilibradíssimo, mas Bia e Townsend conseguiram forçar a primeira quebra, no oitavo game. Quando o duelo estava em 5/4, elas tiveram a chance de vencer, mas desperdiçaram um set point. Com isso, o duelo foi para o tiebreak. Elas chegaram a estar empatadas por 2 a 2, mas a brasileira e a americana anotaram os últimos cinco pontos e largaram na frente.

Bia Haddad supera eliminação na simples para triunfar nas duplas do Aberto da Austrália. Foto: Mast Irham/EFE

O segundo set começou com um susto. Blinkova e Sasnovich começaram vencendo, mas acabaram perdendo 12 dos 14 seguintes e sofreram a virada por 3/1. A partir daí, o duelo não teve mais quebras. Com isso, foi só administrar a vantagem para Bia e Townsend garantirem presença nas oitavas de final do Aberto da Austrália.

RAFAEL MATOS É ELIMINADO NAS DUPLAS

Apesar da classificação de Bia Haddad Maia, o tênis brasileiro acabou sofrendo um duro golpe com a eliminação de Rafael Matos na dupla. O brasileiro e o colombiano Nicolás Barrientos foram derrotados pela dupla formada pelo uruguaio Ariel Behar e o checo Adam Pavlasek por 2 sets a 0, parciais de 6/3 e 7/6 (11-9), em 1h35min de jogo.

O primeiro set foi uma tragédia para o brasileiro e sua dupla. Com apenas 15 minutos, já estavam perdendo por 4/1. Eles até tentaram uma recuperação no final, mas os adversários só administraram o resultado para fechar por 6/3.

O segundo set foi diferente. Matos e Barrientos conseguiram evitar três break points e levaram o duelo para o tiebreak. O brasileiro teve dois set points para igualar a partida, mas Behar e Pavlasek não cederam, conseguiram virar e venceram por 11/9, carimbando assim a classificação.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.