Publicidade

Ex-atleta de hóquei no gelo e namorado de Sabalenka morre aos 42 anos

Konstantin Koltsov atuou na NHL, liga norte-americana do esporte, e estava aposentado desde 2016; tenista ainda não se pronunciou e estreia nesta semana no Miami Open

PUBLICIDADE

Foto do author Leonardo Catto
Por Leonardo Catto
Atualização:

O ex-jogador de hóquei no gelo Konstantin Koltsov, namorado da tenista Aryna Sabalenka, morreu aos 42 anos. A morte “repentina” foi anunciada pela Federação de Hóquei de Belarus em um breve comunicado. O ex-atleta representou a seleção de hóquei no gelo de Belarus nos Jogos de Inverno em duas edições, Salt Lake City 2002 e Vancouver 2010.

PUBLICIDADE

Koltsov passou três temporadas na NHL, liga norte-americana de hóquei no gelo. Ele começou a carreira em 1997, na primeira divisão da Belarus. Rapidamente, o atleta, que se destacava pela velocidade, foi transferido para Rússia. Em 1999, ele foi draftado pelo Pittsburgh Penguins, dos Estados Unidos. Inicialmente, Koltsov atuou em clube de desenvolvimento dos Penguins, na Liga Americana de Hóquei (AHL, na sigla em inglês). Em 2003, ele foi integrado ao time principal.

Em 2006, Koltsov retornou para a Rússia, onde voltou a conquistar títulos. A aposentadoria foi anunciada em 2016, após ter representado a Belarus em nove campeonatos mundiais do esporte. “A Federação Bielorrussa de Hóquei expressa suas mais profundas condolências à família, amigos e a todos que conheceram e trabalharam com Konstantin”, escreveu a entidade nas redes sociais.

A morte de Koltsov aconteceu nos Estados Unidos, onde Sabalenka se preparava para o Miami Open. O Departamento de Homicídios da Polícia de Miami vai investigar a morte do ex-atleta. Segundo a agência internacional de notícias AFP, não há suspeita de nenhum ato criminoso e a polícia foi chamada para atender um caso de provável suicídio. Koltsov e Sabalenka namoravam desde junho de 2021.

A tenista ainda não se pronunciou publicamente, mas continuou os treinamentos. Ela estreia neste sexta-feira, dia 22, na terceira fase do Miami Open. A adversária será a amiga Paula Badosa. A espanhola definiu Sabalenka como uma “mulher forte”. “É uma das minhas melhores amigas. Tirará forças de algum lugar e espero que seja uma grande batalha. É uma situação muito complicada”, disse Paula.

Torcedores do Salavat Yulaev Ufa, time de hóquei no gelo russo em que Koltsov atuou, levam flores e fotos para a Arena Ufa, complexo esportivo do clube. “Ele era um homem forte e alegre, amado e respeitado por jogadores, colega se fãs. Konstantin gravou seu nome para sempre na história do nosso clube”, escreveu o Salavat nas redes sociais. Koltsov foi campeão da liga russa com a equipe.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.