PUBLICIDADE

Publicidade

Luisa Stefani e Marcelo Melo avançam às oitavas nas duplas em Roland Garros

Em parceria com a canadense Gabriela Dabrowski, brasileira vira para cima de Katarzyna Piter e a húngara Dalma Galfi; mineiro conta com John Peers para bater Marcel Granollers e Horacio Zeballos

Por Estadão Conteúdo
Atualização:

Jogando com seus respectivos parceiros, Luisa Stefani e Marcelo Melo venceram mais uma nesta sexta-feira e avançaram às oitavas de final da chave de duplas de Roland Garros. A brasileira, formando parceria com a canadense Gabriela Dabrowski, foi quem suou mais e precisou buscar a virada para seguir em frente em Paris.

Stefani e Dabrowski começaram mal a partida, cederam o primeiro set e foram atrás da reviravolta no placar. Acabaram superando a polonesa Katarzyna Piter e a húngara Dalma Galfi por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/2 e 7/5, em 2h11min de confronto, pela segunda rodada.

Luisa Stefani (esq.) e Gabriela Dabrowski garantiram vaga nas oitavas de Roland Garros.  Foto: Reprodução/@TimeBrasil

PUBLICIDADE

Cabeças de chave número oito, Stefani e Dabrowski vão enfrentar agora a canadense Leylah Fernandez e a americana Taylor Townsend, que formam a parceria número 10 da competição.

Trata-se da primeira vez que Luisa, medalhista olímpica nos Jogos de Tóquio, disputa uma chave de duplas femininas desde que passou por cirurgia no joelho em 2021. Ela poderia ter retornado no Aberto da Austrália em janeiro, mas sua parceria do momento acabou desistindo do torneio de última hora.

Em Paris, Luisa também joga na chave mista, ao lado de Rafael Matos. Juntos, foram campeões em Melbourne, no início do ano.

Melo avança

Após faturar sua vitória de número 600 nas duplas, Melo manteve o ritmo e levou mais uma, nesta sexta. O mineiro e o australiano John Peers alcançaram as oitavas ao superarem o monegasco Hugo Nys e o polonês Jan Zielinski - cabeças de chave número 7 - por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 6/4, em 1h44min.

Na busca por uma vaga nas quartas de final, Melo e Peers vão enfrentar agora o espanhol Marcel Granollers e o argentino Horacio Zeballos, que formam a dupla cabeça de chave número 10 do torneio.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.