Publicidade

Tênis: Marcelo Melo e Rafael Matos avançam e farão final brasileira no Torneio de Tóquio

Melo disputará sua 70ª final da carreira, a quinta nesta temporada, e Matos faz sua melhor temporada da carreira até agora

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação

O Torneio de Tóquio terá uma final brasileira na chave de duplas, no domingo. O veterano Marcelo Melo e o jovem Rafael Matos vão se enfrentar em busca do título, ao lado dos seus parceiros. Melo forma dupla com o americano Mackenzie McDonald pontualmente, enquanto Matos joga com o espanhol David Vega Hernández, seu parceiro fixo.

Na madrugada desta sexta-feira, pelo horário de Brasília, somente Matos precisou suar para alcançar seu lugar na decisão. Isso porque Melo avançou sem entrar em quadra por conta do abandono dos australianos Nick Kyrgios e Thanasi Kokkinakis, seus rivais na semifinal. Kyrgios desistiu do torneio, também na chave de simples, devido a um problema no joelho esquerdo. Os australianos eram os maiores favoritos ao título.

story

PUBLICIDADE


“É aproveitar agora a chance de estar em mais uma final. Esperamos continuar no mesmo ritmo que jogamos as duas primeiras rodadas para, quem sabe, levantar o título. Será um jogo muito duro. O Rafa vem jogando muito bem, com títulos nesta temporada. Tenho certeza que será uma boa partida e estamos preparados”, comentou Melo.

Ele disputará sua 70ª final da carreira, a quinta nesta temporada, ainda em busca do seu primeiro título em 2022. No total, ele soma 36 troféus no circuito profissional. O brasileiro formou parceria com McDonald para jogar na capital japonesa neste torneio de nível ATP 500.

Matos, por sua vez, superou os belgas Sander Gille e Joran Vliegen por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/4, em 1h21min de duelo. O brasileiro e seu parceiro espanhol estão embalados na temporada. Na semana passada, foram campeões do Torneio de Sofia, na Bulgária.

Matos faz sua melhor temporada da carreira até agora. Aos 26 anos, é o 34º do mundo nas duplas e o número 1 do Brasil, seguindo os passos de Bruno Soares, agora aposentado, e do próprio Marcelo Melo. Neste ano, ele já levantou cinco troféus, quatro deles com o parceiro espanhol.

Na chave de simples, as semifinais também foram definidas nesta sexta. O americano Frances Tiafoe venceu o sérvio Miomir Kecmanovic, por 6/0 e 6/4, e vai enfrentar o sul-coreano Kwon Soon Woo, que avançou ao eliminar o espanhol Pedro Martínez por 6/3 e 6/0.

Publicidade

A outra semifinal terá o canadense Denis Shapovalov, que despachou o croata Borna Coric por 6/4 e 6/3, e o americano Taylor Fritz. Ele não precisou jogar porque Kyrgios abandonou a competição.

Djokovic

No Casaquistão, Novak Djokovic fez mais uma vítima nesta sexta-feira e segue ganhando embalo nesta reta final da temporada. O sérvio superou o russo Karen Khachanov em sets diretos, com parciais de 6/4 e 6/3, pelas quartas de final do Torneio de Astana, de nível ATP 500.

Na semifinal, o atual número sete do mundo fará um duelo de ex-líderes do ranking contra outro tenista da Rússia. Trata-se de Daniil Medvedev, seu algoz no US Open do ano passado. Ele avançou ao derrotar o espanhol Roberto Bautista Agut por duplo 6/1. A outra semifinal terá o russo Andrey Rublev e o grego Stefanos Tsitsipas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.