Publicidade

Alonso e Massa exaltam desempenho do carro em treino

PUBLICIDADE

Por AE
Atualização:

Depois de uma temporada ruim em 2011, a Ferrari vem conseguindo se manter entre as principais equipes deste ano e nesta quinta-feira, durante o primeiro dia de treinos livres para o GP de Mônaco de Fórmula 1, não foi diferente. Fernando Alonso foi o terceiro mais rápido do dia, com o tempo de 1min16s265, enquanto Felipe Massa veio logo atrás, em quarto, com 1min16s602. Após a atividade, ambos comemoraram o desempenho de seus carros."Sobre o carro, eu diria que as primeiras impressões são positivas. Tudo pareceu responder como esperávamos. Só fizemos algumas pequenas modificações nos ajustes, tentando evoluir, mas obviamente é muito cedo para tirar conclusões. Vamos dizer que o fim de semana começou com o pé certo para nós, agora precisamos tentar manter este nível", declarou Alonso."Não fomos capazes de dar tantas voltas quanto esperávamos, por causa da leve chuva que caiu durante a tarde, mas estou feliz com a forma que as coisas saíram nesta quinta. O carro pareceu estar bom desde o início da primeira sessão, com um bom balanço em todas as condições e com melhor tração do que esperávamos", comentou Massa.Apesar de comemorar o primeiro dia de treinos, o brasileiro evitou fazer previsões para a corrida. "É difícil fazer previsões sobre o treino de classificação e, ainda mais, sobre a corrida, mas definitivamente podemos dizer que o primeiro dia de treinos livres pode ser considerado positivo", disse.Já Alonso lamentou que a chuva tenha atrapalhado o trabalho da equipe durante a tarde. "Nesta manhã, fomos capazes de cumprir nosso programa planejado sem problemas, mas à tarde a chuva veio para estragar os nossos planos e os dos outros. Não conseguimos nem testar os pneus super macios e apenas o (Jenson) Button conseguiu um espaço para fazer melhor uso da opção, que fez com que ele terminasse com o melhor tempo", avaliou, citando a marca de 1min15s746 conseguida pelo piloto da McLaren.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.