Publicidade

Stock Car em Interlagos: Gaetano di Mauro fatura a vitória na corrida principal

Rafael Suzuki, da TMG Racing, e Felipe Baptista, da Crown Racing, completaram o pódio no autódromo paulistano

PUBLICIDADE

Foto do author Marcos Antomil
Por Marcos Antomil
Atualização:

Gaetano di Mauro, da Cavaleiro Sports, ganhou neste domingo a corrida principal da terceira etapa da Stock Car Pro Series. No Autódromo de Interlagos, após largar no segundo lugar, o paulista conseguiu assumir a liderança com a estratégia de atrasar a parada nos boxes e subiu no lugar mais alto do pódio pela segunda vez na categoria. Rafael Suzuki, da TMG Racing, e Felipe Baptista, da Crown Racing, completaram o pódio em São Paulo.

PUBLICIDADE

Pole position na prova, Marcos Gomes terminou em quarto. As dez primeiras posições foram preenchidas por Júlio Campos, Ricardo Zonta, Átila Abreu, Felipe Fraga, Dudu Barrichello e Thiago Camilo. “Poder vencer em Interlagos é emocionante”, disse o vencedor da etapa, Gaetano di Mauro.

Com a conclusão da etapa em Interlagos, Júlio Campos, da Pole Motorsport, ficou com a liderança do campeonato, com 198 pontos, sendo seguido por Felipe Baptista, com 193. O terceiro colocado agora é Suzuki, que chegou aos 178 pontos, deixando Felipe Massa para trás, com 157.

Gaetano di Mauro, ao centro, foi o vencedor da corrida principal neste domingo. À esquerda, o segundo colocado, Rafael Suzuki, e na direita, Felipe Baptista. Foto: Tiago Queiroz

Marcos Gomes fez uma boa largada, conseguiu segurar a primeira colocação e somou voltas mais rápidos do que todo o grid. Vencedor da corrida sprint, Cesar Ramos errou o ponto de freada no fim da reta principal, passou direto na entrada do S do Senna e caiu para a última posição. Felipe Fraga, que largou em 21º, se destacou no início ao escalar o pelotão e ganhar mais de dez posições. O mesmo se viu com Ricardo Maurício.

Pilotos contornam o S do Senna na largada da prova deste domingo. Foto: Tiago Queiroz

As brigas por posição nas posições intermediárias ficou mais intensa após dez voltas. Os primeiros colocados retardaram a entrada nos boxes para a troca obrigatória de ao menos dois pneus. Na abertura da 12ª volta, Gaetano di Mauro se aproximou do líder Marcos Gomes, com Felipe Massa cada vez mais perto de ambos na terceira posição. Di Mauro efetuou a ultrapassagem na reta oposta e assumiu a primeira colocação.

Entre os primeiros colocados, Marcos Gomes foi o primeiro a fazer pit stop. A estratégia se provou equivocada, e ele perdeu posições. Um dos últimos a ir para os boxes, Di Mauro sustentou a primeira posição, mas passou a ser pressionado por Felipe Baptista. Felipe Massa esteve perto de brigar pela liderança, no entanto, caiu para o quarto, atrás do companheiro de equipe, Rafael Suzuki.

Rubens Barrichello se enroscou com Bruno Baptista na segunda perna do S do Senna, na mesma posição em que rodou no sábado. Dessa vez, quem se deu mal foi Bruno Baptista, que abandonou a corrida. O safety car não precisou entrar na pista e a corrida prosseguiu normalmente apesar de detritos ficarem no asfalto.

Publicidade

Bruno Baptista roda após disputa por posição com Rubens Barrichello. Foto: Tiago Queiroz/Estadão

Massa perdeu duas posições para Júlio Campos e Marcos Gomes ao errar a entrada da curva do sol e ter problemas com a direção hidráulica. Uma cena que chamou a atenção foi uma ultrapassagem feita por Barrichello sobre Nelsinho Piquet, ambos ex-Fórmula 1. O mais experiente mostrou destreza para contornar bem o S do Senna, tracionar melhor e ganhar a posição.

A disputa pela vice-liderança esquentou entre Felipe Baptista e Rafael Suzuki. Ambos não tiraram Di Mauro de vista. Suzuki ganhou a segunda posição. O primeiro colocado, porém, sustentou vantagem acima de dois segundos e faturou a prova. Mais atrás, Massa, com problemas, não conseguiu se manter competitivo e despencou nos últimos cinco minutos de prova, mas mostrou muita força e aguentou concluir a prova.

Gaetano di Mauro comemora vitória em Interlagos neste domingo. Foto: Tiago Queiroz

A Stock Car volta a se reunir no fim de semana dos dias 17, 18 e 19 de maio, em Casacavel-PR, no Autódromo Internacional Zilmar Beux, para a disputa da quarta etapa da temporada 2024.

Stock Car em Interlagos: confira a classificação final da corrida principal

PUBLICIDADE

  1. Gaetano di Mauro (Cavaleiro Sports/Chevrolet Cruze), em 52min05s992
  2. Rafael Suzuki (TMG Racing/Chevrolet Cruze), a 3s709
  3. Felipe Baptista (Crown Racing/Toyota Corolla), a 5s062
  4. Marcos Gomes (KTF Sports/Chevrolet Cruze), a 8s860
  5. Júlio Campos (Pole Motorsport/Chevrolet Cruze), a 16s214
  6. Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Toyota Corolla), a 20s960
  7. Átila Abreu (Pole Motorsport/Chevrolet Cruze), a 23s008
  8. Felipe Fraga (Blau Motorsport/Chevrolet Cruze), a 23s202
  9. Dudu Barrichello (Mobil Ale Full Time/Toyota Corolla), a 27s051
  10. Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Toyota Corolla), a 28s469
  11. Ricardo Maurício (Eurofarma RC/Chevrolet Cruze), a 30s598
  12. Enzo Elias (Crown Racing/Toyota Corolla), a 31s482
  13. Gabriel Casagrande (A.Mattheis Vogel/Chevrolet Cruze), a 33s920
  14. Vitor Baptista (Scuderia Chiarelli/Toyota Corolla), a 35s420
  15. Felipe Msssa (TMG Racing/Chevrolet Cruze), a 35s520
  16. Daniel Serra (Eurofarma RC/Chevrolet Cruze), a 36s229
  17. Lucas Foresti (A.Mattheis Vogel/Chevrolet Cruze), a 40s463
  18. Rubens Barrichello (Mobil Ale Full Time/Toyota Corolla), a 41s254
  19. Allam Khodair (Blau Motorsport/Chevrolet Cruze), a 50s940
  20. Nelsinho Piquet (Cavaleiro Sports/Chevrolet Cruze), a53s600
  21. Gabriel Robe (WOKIN Garra Racing/Chevrolet Cruze), a 53s924
  22. Gianluca Petecof (Full Time Sports/Toyota Corolla), a 56s239
  23. Arthur Leist (Full Time Sports/Toyota Corolla), a 1min01s125
  24. César Ramos (Ipiranga Racing/Toyota Corolla), a 1min02s361
  25. Lucas Kohl (WOKIN Garra Racing/Chevrolet Cruze), a 1min03s468
  26. Luan Lopes (Scuderia Chiarelli/Toyota Corolla), a 1min35s176
  27. Guilherme Salas (KTF Racing/Chevrolet Cruze), a 1 volta
  28. Zezinho Muggiati (KTF Racing/Chevrolet Cruze), a 3 voltas
  • Abandonou: Bruno Baptista (RCM Motorsport/Toyota Corolla).
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.