É falso que idosa de 83 anos tenha engravidado; brincadeira de neta viralizou fora de contexto

Postagem que viralizou no Instagram leva a sério piada que médico fez ao realizar exame de ultrassom; entidade de obstetras explica que é praticamente impossível engravidar nessa idade

PUBLICIDADE

Por Talita Burbulhan
Atualização:

O que estão compartilhando: que durante uma ultrassonografia uma idosa descobriu que estava grávida aos 83 anos de idade.

O Estadão Verifica investigou e concluiu que: é falso. A neta da idosa explicou ao Verifica que fez uma brincadeira ao dizer que a avó havia descoberto uma gravidez durante o exame. A entidade que representa ginecologistas e obstetras no Brasil disse ser praticamente impossível que a senhora do vídeo ainda produza óvulos, que são as células reprodutivas da mulher.

É falso que idosa de 83 anos esteja grávida Foto: Reprodução/Instagram

PUBLICIDADE

Saiba mais: Viralizou o vídeo de uma idosa sendo examinada com um aparelho de ultrassom na região abdominal. Junto com a gravação foi inserido o texto: “E minha avó que descobriu que estava grávida com 83 anos”. Um perfil do Instagram que compartilhou o vídeo e escreveu “nem sabia que isso era possível” recebeu mais de 555 mil visualizações nas postagem, em quatro dias no ar.

Nos comentários da postagem, muitas pessoas parecem ter caído na brincadeira. “Sara engravidou mais ou menos com esta idade, tudo é possível”, afirmou um usuário. “Achei interessante, por que não?? Ana deu à luz na sua velhice. Pra Deus não há nada impossível. Se ele quiser, ele faz”, escreveu outro.

O Verifica enviou a publicação para a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo) que classificou o conteúdo como falso. De acordo com a nota, a possibilidade de uma pessoa de 83 anos ainda ter óvulos é quase zero.

A Febrasgo explicou que para engravidar, a senhora octogenária teria que estar menstruando e ovulando ou ter feito feito fertilização in vitro (FIV) com óvulos doados (óvulos jovens) e transferido os embriões para o óvulo dela. “Isso seria totalmente possível, embora não recomendado devido aos riscos de gravidez aos 83 anos”, explica a nota.

Em 2019, uma indiana com supostamente 75 anos deu à luz a uma menina após engravidar por meio de FIV. No Guinness World Records, o recorde de mãe mais velha do mundo é de Maria del Carmen Bousada Lara. Ela deu à luz gêmeos, por cesárea, quando tinha 66 anos.

Publicidade

Vídeo de ultrassom era brincadeira da neta

Quem gravou o vídeo foi a neta da idosa. Ela postou o conteúdo no seu perfil do TikTok em maio do ano passado e acumulou desde então 7,4 milhões de visualizações, 216 mil curtidas e mais de 10 mil comentários.

Em troca de mensagens pelo WhatsApp com a equipe do Verifica, ela explicou que a avó realizava uma ultrassonografia do abdômen total e das vias urinárias.

“Na hora que estávamos no exame o médico disse ‘Tem um bebê aqui’. A gente riu disso e começamos a brincar com a minha vó”, contou ela. “Foi tudo brincadeira e na hora fiz o vídeo. Eu não sabia que chegaria a este ponto”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.