É montagem post com suposta reportagem do G1 sobre Lula e Venezuela

Lula não disse que Venezuela 'não precisa de críticas, mas de financiamento e empréstimos'

PUBLICIDADE

Por Projeto Comprova
Atualização:

Esta checagem foi produzida por jornalistas da coalizão do Comprova. Leia mais sobre nossa parceria aqui.

Conteúdo investigadoImagem com suposta notícia do G1, publicada no dia 15 de setembro, sobre uma fala de Lula (PT) em apoio à Venezuela durante campanha presidencial em Santo André (SP). O título da reportagem é "Lula: 'A Venezuela não precisa de críticas do Presidente do Brasil e sim de financiamento e empréstimos'", acompanhado da linha fina "Ex-presidente critica Bolsonaro e diz que se eleito, continuará fortalecendo o governo de Nicolás Maduro com empréstimos e ativos".

 

PUBLICIDADE

Onde foi publicado: Instagram, Facebook e WhatsApp.

Conclusão do Comprova: É falso que o G1 tenha publicado notícia no dia 15 de setembro sobre suposta fala do ex-presidente Lula em apoio à Venezuela durante ato de campanha eleitoral em Santo André. Ao procurar pela reportagem no site do veículo, não foi possível encontrar o conteúdo compartilhado. De acordo com a assessoria do portal, a imagem é falsa, pois tal matéria nunca foi publicada pelo G1, e não há nenhum José da Silva - nome do suposto repórter - na equipe do G1.

Na data mencionada pela suposta publicação, Lula esteve em Montes Claros (MG) para cumprir compromissos da agenda eleitoral. O ex-presidente passou por Santo André em 25 de março de 2022 para visitar um condomínio do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST). Vídeo do discurso de Lula no local foi publicado no canal do YouTube do PT. Ao Comprova, a assessoria do candidato afirmou que Lula nunca disse a fala reproduzida na montagem.

Falso, para o Comprova, é todo conteúdo inventado ou que tenha sofrido edições para mudar o seu significado original e divulgado de modo deliberado para espalhar uma falsidade.

Alcance da publicação: O Comprova investiga conteúdos com maior alcance nas redes sociais. Até o dia 22 de setembro, um dos posts no Facebook teve 395 curtidas, 251 comentários e 907 compartilhamentos. O outro foi excluído da plataforma. No Instagram, o conteúdo teve 9,4 mil curtidas e 538 comentários. Ambas as plataformas sinalizam que o conteúdo é falso.

Publicidade

O que diz o autor da publicação: O Comprova entrou em contato com os três perfis que publicaram o conteúdo no Instagram e no Facebook. No entanto, não houve resposta até o fechamento desta verificação.

Como verificamos: A equipe do Comprova buscou o título da notícia no Google, sem encontrar resultados para a reportagem original. Em seguida, a partir da data da suposta matéria - 15/09/2022 -, procurou as atividades cumpridas por Lula no dia, de acordo com a agenda do candidato publicada no site oficial do presidenciável.

Em seguida, procurou descobrir se Lula esteve em Santo André neste ano por meio de buscas no Google e na agenda do petista. A equipe também reuniu declarações recentes do ex-presidente em relação à Venezuela a partir de reportagens da Folha de S.Paulo e do Correio Braziliense.

Por fim, entrou em contato com a assessoria de imprensa de Lula, com o G1 e com os responsáveis pelas publicações do conteúdo nas redes sociais.

Post é uma montagem

O Comprova buscou no Google por todos os elementos da suposta reportagem, como o título, e encontrou apenas a reprodução do conteúdo investigado em redes sociais e em um site conhecido por criar memes. Nenhuma dessas postagens apresentava o link para a suposta matéria.

A equipe então pesquisou no próprio portal G1 com filtro personalizado para a data da suposta publicação, mas não houve resultado.

Publicidade

Captura de tela da busca feita no portal G1 em 20/09/2022  

Além disso, o nome da pessoa que assina a suposta reportagem, "José da Silva", não aparece na lista da equipe do G1.

Ao Comprova, a assessoria de imprensa do portal afirmou que a notícia é falsa, que "nunca foi publicada pelo G1" e que não há nenhum José da Silva na equipe de jornalistas.

Em 15 de setembro, Lula estava em Montes Claros (MG)

Ao contrário do que alega a montagem investigada, em 15 de setembro de 2022, o ex-presidente esteve em Montes Claros, Minas Gerais, como consta em sua agenda oficial. Na data, o político participou do ato "Todos Juntos por Minas Gerais", ao lado do ex-prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil. O evento ocorreu às 18h, na Praça da Catedral da cidade.

Em seu discurso, que está disponível no canal do YouTube do PT, Lula não faz nenhuma declaração como a que foi falsamente divulgada na manchete aqui analisada. O Comprova entrou em contato com a assessoria do ex-presidente, que afirmou que Lula nunca disse que "a Venezuela não precisa de críticas do Presidente do Brasil e sim de financiamento e empréstimos".

O ex-presidente esteve em Santo André, São Paulo, no dia 25 de março deste ano, para visitar os condomínios Novo Pinheirinho e Santo Dia, do MTST. Na ocasião, Lula estava acompanhado do coordenador nacional do movimento, Guilherme Boulos, e do ex-prefeito de São Paulo e candidato a governador, Fernando Haddad.

Por que investigamos: O Comprova investiga conteúdos suspeitos que viralizam nas redes sociais sobre pandemia, políticas públicas do governo federal e eleições presidenciais. Conteúdos falsos ou enganosos sobre candidatos à presidência, como a peça aqui verificada, podem influenciar o voto dos eleitores, que devem basear suas escolhas em informações verdadeiras e confiáveis.

Publicidade

Outras checagens sobre o tema: A Agência Lupa também checou o conteúdo e concluiu que é uma montagem.

Em verificações anteriores envolvendo o ex-presidente Lula, o Comprova mostrou que é falso que Lula defendeu o nazismo e o fascismo em evento do PT em 2017, que vídeo edita fala de Lula para afirmar que ele chamou apoiadores de vagabundos e traficantes e que vídeo satiriza participação do ex-presidente em comício em local destruído pela chuva em Belém.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.