PUBLICIDADE

Economia e desemprego entre jovens na China são ‘grande preocupação’ para autoridades

Segunda maior economia do mundo enfrenta vários desafios, desde uma crise imobiliária prolongada até uma queda no consumo interno, passando pelo persistente desemprego dos jovens

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Um porta-voz de um órgão consultivo político chinês declarou neste domingo, 3, que a economia, especialmente o desemprego juvenil, é fonte de “grande preocupação” para as autoridades.

Liu Jieyi, porta-voz da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês (CCPPC), fez essas declarações na véspera das reuniões anuais da assembleia legislativa em Pequim.

Milhares de delegados de todo o país se reunirão na segunda-feira na capital chinesa para essa reunião, o conclave anual do Partido Comunista, no poder.

Um policial chinês caminha na Praça Tiananmen, em Pequim, em 3 de março de 2024. Foto: PEDRO PARDO / AFP

PUBLICIDADE

A segunda maior economia do mundo enfrenta vários desafios, desde uma crise imobiliária prolongada até uma queda no consumo interno, passando pelo persistente desemprego dos jovens.

Neste domingo, em uma coletiva de imprensa, Liu Jieyi declarou que “os assuntos econômicos são de grande preocupação para nossos representantes”. “O emprego dos jovens, especialmente dos jovens graduados, é um tema de grande preocupação”, disse.

A China anunciou um crescimento econômico de 5,2% no ano passado, uma das taxas de expansão da atividade econômica mais lentas em décadas.

A taxa de desemprego juvenil estava oficialmente em torno de 15% no final de 2023, após um ajuste nos métodos de cálculo do escritório de estatísticas.

Publicidade

Pessoas caminham em uma calçada no distrito comercial central de Pequim em 28 de fevereiro de 2024. Foto: GREG BAKER / AFP

Este último deixou de publicar este número, politicamente delicado, durante vários meses no verão passado, quando a taxa de desemprego havia superado os 20%.

Segundo Liu, a economia chinesa continua tendo “boas bases e condições favoráveis para promover um desenvolvimento de alta qualidade”.

O país também mostrou-se “resiliente” diante dos “impactos externos... e das dificuldades internas”, acrescentou.

A CCPPC se estenderá até a manhã de 10 de março, segundo Liu. A importância desta reunião é relativamente menor, especialmente se comparada com a reunião quase simultânea da assembleia legislativa do país, a Assembleia Nacional Popular.

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.