Crianças chinesas aprendem autodefesa em meio a onda de ataques

Pelo menos 15 alunos já foram mortos por homens armados com machados ou facas.

Por BBC Brasil
Atualização:

Crianças chinesas estão aprendendo autodefesa em meio a uma onda de ataques no país. Quinze crianças foram mortas e dezenas ficaram feridas nos últimos meses por homens armados com machados ou facas. As escolas reforçaram a segurança, com policiais e seguranças vigiando os portões. Mas, para um crescente número de pais, isso não é suficiente. A China busca explicações para os ataques. O presidente Hu Jintao disse que o país precisa curar as tensões sociais. Mas isso é um projeto de longo prazo. Até lá, alguns dos cidadãos mais jovens estão aprendendo como se proteger sozinhos. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.