Desabamento de mina de ouro na Venezuela deixa ao menos 30 mortos e vários feridos

Segundo as autoridades locais, equipes de resgate já estão na área; a mina “Bulla Loca” encontra-se em uma região remota do estado de Bolívar

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação

O desabamento de uma mina de ouro ilegal na Venezuela, deixou pelo menos 30 mortos e 100 pessoas feridas, de acordo com declarações de autoridades locais.

O colapso ocorreu por volta das 15h (horário local) da terça-feira em uma área de difícil acesso. Segundo as autoridades, equipes de resgate já estão na área.

Parentes aguardavam por notícias em Puerto Guacara, La Paragua, a cerca de 750 quilômetros de Caracas, de onde partem embarcações para “Bulla Loca”, como é chamada a mina, que fica a sete horas de navegação por rio.

Desabamento em uma mina de ouro em La Paragua, Bolívar, na Venezuela. Foto: Secretaria de Segurança Cidadã de Bolívar via Redes Sociais

PUBLICIDADE

Yorgi Arciniega, prefeito do município de Angostura, que abrange La Paragua, informou à AFP que ainda não há um número exato de vítimas, devido à natureza complexa da área e à situação confusa.

Mais cedo, o governo regional havia citado um número oficial de dois mortos e a mesma quantidade de feridos.

A região de Bolívar, no sudeste da Venezuela, é maioritariamente composta por florestas. Há anos, esta região é afetada pela mineração ilegal de ouro e outros minerais.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.