PUBLICIDADE

Egito ameaça suspender tratado de paz com Israel em caso de invasão a Rafah, dizem autoridades

Grupos de ajuda humanitária alertam que uma ofensiva em Rafah pioraria a situação em Gaza

Foto do author Redação
Por Redação

RAFAH - O Egito está ameaçando suspender seu tratado de paz com Israel caso as tropas do país sejam enviadas para a cidade de Rafah, na região fronteiriça da Faixa de Gaza. A avaliação do governo egípcio é de que os combates na região poderiam forçar o fechamento da principal rota de fornecimento de ajuda ao território, disseram duas autoridades egípcias e um diplomata neste domingo, 11.

A ameaça de suspender os acordos de Camp David, uma pedra angular da estabilidade regional durante quase meio século, surgiu depois de o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu ter dito que o envio de tropas para Rafah era necessário para vencer a guerra contra o grupo terrorista Hamas.

PUBLICIDADE

Mais da metade da população de Gaza, de 2,3 milhões de pessoas, fugiu para Rafah para escapar dos combates em outras áreas e está concentrada em extensos campos de tendas e abrigos geridos pela ONU perto da fronteira. O Egito teme que centenas de milhares de refugiados palestinos nunca mais sejam autorizados a regressar.

O impasse entre Israel e o Egito, dois aliados próximos dos Estados Unidos, ocorre em um momento em que grupos de ajuda alertam que uma ofensiva em Rafah pioraria a já catastrófica situação humanitária em Gaza, onde cerca de 80% dos residentes fugiram das suas casas e um quarto da população enfrenta a fome, de acordo com a ONU./AP

Palestinos procuram por sobreviventes após ataque aéreo de Israel em um prédio residencial em Rafah, na Faixa de Gaza, no sábado Foto: Hatem Ali/AP - 10/2/202
Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.