EUA têm dois ataques a tiros neste domingo; seis pessoas morreram

Não há relação entre os casos, que ocorreram nos Estados de Wisconsin e Texas

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:
Tiroteio em Austin, no Texas, neste domingo deixoutrês mortos. Foto: Bronte Wittpenn/Austin American-Statesman via AP

Dois ataques a tiros foram registrados neste domingo, 18, nos Estados Unidos. Um deles deixou três mortos e duas pessoas gravemente feridas em um bar em Kenosha, no Estado de Wisconsin. Em Austin, no Texas, outras três pessoas morreram também em tiroteio em um complexo residencial. Não há registro de ligação entre as duas ocorrências.

PUBLICIDADE

As autoridades de Austin procuram Stephen Broderick, ex-detetive de polícia de 41 anos suspeito do ataque, e alertaram que ele é perigoso e pode fazer reféns. A população que mora próxima ao local foi orientada a ficar em casa. Broderick conhecia as vítimas, disse o chefe interino da polícia da cidade, Joseph Chacon, e o ataque está sendo tratado como "incidente doméstico".

Além de força policial ostensiva, com dezenas de viaturas, foram enviadas ao local ambulâncias, dois carros da SWAT, dois helicópteros e um drone. Parte de uma estrada próxima estaria bloqueada para buscas, informou a polícia.

Em Wisconsin, um suspeito foi apreendido e deve responder por homicídio doloso de três pessoas, com possíveis novas acusações após o avanço da investigação. Mais cedo, as autoridades afirmaram não ter certeza se apenas uma pessoa era responsável pelo ataque em um bar. Um  homem havia sido expulso do local, quando voltou e disparou tanto na área externa quanto interna. O bar estava bastante movimentado, o que gerou correria e caos, segundo um morador próximo do local. 

A polícia segue em busca dos atiradores em ambos os casos. /AP; Washington Post

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.