Missão com 12 brasileiros em Israel é surpreendida com ataque de drones iranianos

Todos os brasileiros estão em segurança, segundo a Confederação Israelita do Brasil (Conib), que irá seguir com a missão no país

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Uma missão com 12 brasileiros organizada pela Confederação Israelita do Brasil (Conib) que chegou a Jerusalém neste sábado, 13, para um relato da situação de Israel seis meses após o ataque terrorista do Hamas, de 7 de outubro de 2023, foi surpreendida com o lançamento de mísseis e drones iranianos contra o território israelense. Segundo o presidente da Conib, Claudio Lottenberg, todos estão em segurança.

“O governo informa que a situação está sob controle, e nós imaginamos que sim. A missão deve continuar. Reforço o espírito desta missão, que é dar apoio ao Estado de Israel nesta luta contra o mundo terrorista, mundo este também patrocinado pelo estado do Irã”, disse Lottenberg.


PUBLICIDADE

A programação da missão brasileira, que se estende até 17 de abril e inclui visitas a outras cidades israelenses, está mantida.

A agenda de caráter humanitário inclui audiências com o presidente de Israel, Isaac Herzog, e com o ministro da Diáspora, Amichai Chikli, entre outras autoridades e representantes de organizações da sociedade civil.

A comitiva irá se reunir também com familiares de vítimas e de reféns sequestrados pelo Hamas, além de percorrer alguns dos locais atacados em 7 de outubro de 2023.

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.